Connect with us

Hi, what are you looking for?

Ciência

Cadernos de anotações famosos de Charles Darwin estão desaparecidos

cadernos de anotações Darwin
Icônico esboço da 'Árvore da Vida' de Darwin. (Charles Darwin / Universidade de Cambridge)

Ao que tudo indica, dois cadernos de anotações de Charles Darwin, incluindo um contendo o esboço da “Árvore da Vida” de 1837, foram roubados da Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

Os livros foram vistos, pela última vez, no outono de 2000. Eles foram retirados do Special Collections Strong Rooms, da Biblioteca da Universidade de Cambridge, para uma sessão de fotos.

No entanto, durante uma verificação de rotina, em janeiro de 2001, os curadores descobriram que a pequena caixa azul contendo os livros tinha sumido. Embora seja possível que a caixa tenha sido extraviada, buscas exaustivas não produziram efeito ao longo dos anos. Então, a biblioteca considera a possibilidade de que a caixa tenha sido roubada mesmo.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Cadernos de anotações de Charles Darwin

O cientista britânico preencheu os cadernos de couro em 1837, após o retorno de sua viagem no HMS Beagle. Portanto, esses escritos valem milhões de libras.

Em um livro, Darwin desenhou um diagrama mostrando várias possibilidades para a evolução de uma espécie. Posteriormente, publicou a ilustração mais desenvolvida em seu livro de 1859, A Origem das Espécies.

caixa azul
Caixa azul idêntica a que sumiu com alguns cadernos de anotações de Charles Darwin. (Universidade de Cambridge)

Por muito tempo, a crença era de que eles estavam catalogados incorretamente dentro do prédio, que contém cerca de 10 milhões de livros, mapas e manuscritos, além de ter um dos arquivos de Darwin mais importantes do mundo.

No entanto, realmente após a grande pesquisa deste ano e a maior da história da biblioteca, ninguém encontrou os cadernos de anotações de Charles Darwin.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Logo, os curadores concluíram que a caixa azul provavelmente foi roubada, disse a biblioteca em um comunicado.

Apelo por informações

A agência informou à polícia local e os livros foram listados no banco de dados de obras de arte roubadas da Interpol chamado Psyche.

A bibliotecária da Universidade, Jessica Gardner, divulgou uma declaração em vídeo apelando ao público para quem pudesse ajudar. Ela relatou que é profundamente lamentável que esses cadernos de anotações de Charles Darwin continuem desaparecidos, apesar das inúmeras buscas em larga escala nos últimos 20 anos.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Ainda acrescentou o fato da biblioteca ter melhorado enormemente seus sistemas de segurança. Assim também, sugeriu que ex-funcionários ou funcionários atuais da biblioteca, aqueles que trabalham no comércio de livros ou pesquisadores, possam ter informações.

caderno de anotações
Capa do caderno ausente. (Universidade de Cambridge)

No apelo, lançado 24 de novembro – o dia conhecido como Dia da Evolução – Gardner pede a qualquer pessoa que pensa saber qual é o paradeiro dos cadernos, que entre em contato.

Esse dia ficou marcado assim por ser a data da publicação de A Origem das Espécies. Nesse ano, comemoramos o 161º aniversário da publicação do livro inovador de Darwin.

Charles Darwin fez o esboço aos 28 anos e os cadernos são chamados de “Cadernos de Transmutação” de Darwin, porque foi onde ele teorizou pela primeira vez como as espécies podem “transmutar” das formas iniciais para as posteriores. Um processo definido como a Teoria da Evolução de Darwin.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Enfim, o outro caderno contém as notas de Darwin sobre sua teoria da evolução em termos de distribuição geográfica, a origem dos humanos e classificação por descendência. Informações da Biblioteca da Universidade de Cambridge.

Amanda dos Santos
Publicado por

Trabalha como redatora e produtora de conteúdo. Graduada em Comunicação Social e atua como colaboradora na SoCientífica.

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.