Connect with us

Hi, what are you looking for?

Ciência

Bonobos possuem comprometimento com interações sociais

No estudo publicado no dia 18/12, um grupo de pesquisadores observou Bonobos no zoológico La Vallée des Singes na Franca. A intenção era pesqusiar a interação dos animais e seu engajamento nas atividades em grupo e sozinhos em meio a interrupções intencionais.

Em uma publicação na Science Advances, pesquisadores descobriram que macacos Bonobos possuem comprometimento durante interações sociais, mesmo quando interrompidos.

É comum da natureza humana que tenhamos comprometimento com relações sociais. Quando estamos conversando com outra pessoa e somos interrompidos, perdemos o foco da conversa por um instante e logo depois retomamos aquela conversa.

Comprometimento com as interações

No estudo publicado no dia 18/12, um grupo de pesquisadores observou Bonobos no zoológico La Vallée des Singes na França. A intenção era pesquisar a interação dos animais e seu engajamento nas atividades em grupo e sozinhos em meio a interrupções intencionais.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Enquanto os indivíduos interagiam, os pesquisadores literalmente tentavam atrapalhar a interação. Faziam sons altos, chamavam os macacos pelos nomes e falavam alto. Dessa forma atrapalhavam a socialização.

Sendo assim os cientistas perceberam que mesmo quando eram interrompidos, os Bonobos logo voltavam o foco para a interação com o parceiro.

Uma das relações que esperavam eram as demonstrações de afeto – os toques, os abraços, sexo – o que levou a conclusão de que os Bonobos possuem comprometimento com interações sociais e portanto não deixam uma atividade de valor social terminar por uma distração.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Os líderes são mais importantes

Outra característica interessante é que o tempo e a quantidade de vezes que os bonobos voltavam para a interação tinha relação com a importância e a intimidade com o indivíduo que recebia o carinho, por exemplo.

Imagine alguém em uma conversa com o chefe, e durante essa interação o telefone toca. Muito provavelmente a pessoa deixaria a ligação para outra hora, pediria desculpa pela interrupção e voltaria para conversa. Em outro caso, durante uma conversa com algum parente, o mesmo acontece, porém dessa vez, a pessoa atenderia o telefone e deixaria para terminar a interação em outra hora, pois nesse segundo caso a importância da interação é menor.

O mesmo acontece com as populações de Bonobo, segundo o estudo. Quando interrompido durante uma interação com um indivíduo de mais importância, o macaco tendia a voltar sua atenção muito mais rápido do que com outro de menos valor dentro do bando.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Esse tipo de pesquisa é importante para entendermos mais da complexidade das sociedades primatas. Ao mesmo passo que nos ajuda entender sobre como a questão social implica em comportamentos do indivíduo. Além disso, pesquisas semelhantes podem nos dizer mais sobre outros animais.

Avatar
Publicado por

Divulgador científico no Sociedade Científica e no Medium. Estudante de biologia e gestão ambiental.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Sociedade & Cultura

O povo Tsimane é uma tribo indígena amplamente isolada que vive na Amazônia boliviana.  Estas pessoas levam uma vida muito diferente da nossa. E eles...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...