História & HumanidadeA Pirâmide mais antiga do Egito não possui nenhum registro de sua construção

Além de ser a pirâmide mais antiga já construída no Egito, o motivo de sua construção é um mistério.
Giovane Sampaio3 semanas atrásPiramide de degraus, a mais antiga do Egito antigo.
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/10/piramide-de-degraus-a-mais-antigo-do-egito.jpg

Antes da construção da Grande Pirâmide de Giza, um antigo faraó egípcio da 3ª dinastia revolucionou o Egito. Djoser, como mais tarde viria a ser conhecido foi o homem que mudou o Egito para sempre, deixando uma marca indelével na história.

Sabe-se que Djoser, junto com seu vizir real e arquiteto Imhotep, viria construir a primeira pirâmide egípcia antiga na história: a Pirâmide de Degrau de Saqqara.

A Pirâmide de Degrau não só foi o maior projeto de construção tentado na história egípcia antiga, mas também envolveu um enorme esforço de construção subterrânea que reduziria o complexo da pirâmide acima da superfície.

No total, a Pirâmide de Djoser, o complexo da Pirâmide e as praças, templos e edifícios que a acompanharam foram massivos, mas o que estava abaixo do solo era ainda mais impressionante.

Os construtores fizeram um mundo subterrâneo de cerca de 6,7 quilômetros de comprimento sob a primeira pirâmide de Egipto. Arqueólogos, contudo, se perguntam como eles fizeram isso, já que ferramentas naquele período eram escassas.

A pirâmide de degraus de Djoser é impressionante por si só porque é o primeiro monumento de pedra colossal no Egito, e porque deixou uma marca na arquitetura egípcia antiga. Mas igualmente impressionantes, embora não tão populares, são os inúmeros quartos, túneis, poços e câmaras sob a Pirâmide.

É fascinante saber que, há mais de 4.700 anos, um número desconhecido de construtores foi enviado para o local de construção onde a pirâmide de degraus seria construída para escavar e remover – numa escala previamente desconhecida – 5,7 km de poços, túneis, câmaras, galerias e compartimentos. Isso por si só é incompreensível porque, até o reinado de Djoser, um projeto de construção dessa magnitude nunca havia sido tentado antes.

LEIA TAMBÉM: Arqueólogos encontram tesouros em pirâmide submersa de 2.300 anos

Os construtores do complexo da Pirâmide se asseguraram de criar um fascinante complexo piramidal acima do solo, mas também abaixo dele, enquanto construíam um enorme mundo subterrâneo que nenhum faraó conseguiria repetir nas próximas gerações egípcias antigas. Nem mesmo a Grande Pirâmide de Giza, construída várias gerações depois de Djoser.

Embora tenha sido discutido que a pirâmide dde degraus era o lugar de descanso eterno de Djoser, a múmia do faraó nunca foi descoberta,.

Além do fato de que a múmia do rei Djoser não estava na pirâmide, há outro mistério: nenhum texto antigo menciona o projeto, a construção ou a conclusão da pirâmide de degraus. Isto é estranho por uma série de razões.

Para começo, o complexo da pirâmide e a estrutura massiva por baixo dela foi um projeto de uma escala tão desconhecida que nunca antes ninguém havia tentado. Não foi visto até o reinado de Djoser.

Era praticamente evidente que alguém teria encontrado alguma necessidade de escrever algo próximo da estrutura, registrando como evidência de um tempo que mudou o Egito, mas isso não aconteceu.

Os antigos egípcios eram excelentes mantenedores de registros, então por que decidiram não registrar um projeto revolucionário e que mudou a história permanece um mistério.

Não há um único documento antigo que mencione o projeto, as fases de construção ou a conclusão da Pirâmide dos Degraus.

Não sabemos como os construtores da Terceira Dinastia construíram a pirâmide de Djoser. Não sabemos que tipos de tecnologias foram usadas e como blocos massivos de pedras foram transportados. No entanto, é amplamente aceito que rampas foram provavelmente usadas para levantar as pedras pesadas para construir a pirâmide, e muitos modelos plausíveis foram sugeridos, embora nenhuma evidência física de tais rampas tenha sido encontrada perto da pirâmide.

LEIA MAIS: Unwritten Mystery: Why no Ancient Texts Mention Ancient Egypt’s Oldest Pyramid [Curiosmos]

LEIA TAMBÉM: Civilização que deu origem ao antigo Egito encontrada por arqueólogos

Posts relacionados