História & HumanidadeCerca de um terço dos neandertais tinha alguma deficiência

Dos 50 esqueletos de neandertais desenterrados em todo o mundo, cerca de um terço tinha algum tipo de deficiência.
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/09/Neandertais.jpg

Muitas das exibições em museus que mostram neandertais fortes e saudáveis são enganosas, pois de acordo com evidências arqueológicas, eles mais pareciam ter saído de uma guerra.

Segundo Penny Spikins, arqueóloga da Universidade de York, dos 50 esqueletos de neandertais desenterrados em todo o mundo, cerca de um terço tinha algum tipo de deficiência.

LEIA TAMBÉM: Os neandertais podem não ter sido os desmiolados que os cientistas supunham

“Por um lado, os neandertais eram saudáveis ​​porque andavam muito por aí.” Disse Spikins.

“Mas há uma taxa de lesões muito alta, além da desnutrição, então quase todos os esqueletos tem sinais de ferimentos graves ou doenças apenas por causa do estilo de vida que eles levavam.”

Exemplos de neandertais deficientes incluem o ‘Shanadar Man’, um homem de 40 a 50 anos encontrado em uma caverna no Iraque.

LEIA TAMBÉM: Fêmeas humanas modernas e neandertais masculinos tinham dificuldade em fazer bebês. Aqui está o motivo

Ele tinha um braço e uma perna murchos, estava cego de um olho e provavelmente surdo.

Dos 50 esqueletos de neandertais desenterrados em todo o mundo, cerca de um terço tinha algum tipo de deficiência, afirma especialista.

Eles viviam em sociedades móveis, e a sobrevivência era difícil, há evidências de muitos períodos de fome.

LEIA TAMBÉM: Homem de Cheddar demonstra que raças humanas são uma ilusão

Há um outro exemplo também, de Lachapelle aux Saints, na França, um homem neandertal que tinha artrite severa que devia ter sido cuidada por pelo menos seis meses, o que sugere que os neandertais estavam muito motivados a cuidar uns dos outros.

Se levarmos esse último caso em consideração, podemos observar que os cuidados e a assistência à saúde são mais antigos do que pensávamos, datam aproximadamente 1,5 milhão de anos atrás, pelo menos 17 dos 50 esqueletos neandertais analisados revelam evidências de que eles cuidavam de indivíduos doentes ou feridos.

FONTE / Daily Mail

Posts relacionados