NaturezaEsta estranha e transparente lula parece mais um pássaro alienígena: confira o vídeo

Damares Alves2 semanas atrás5 minLula de vidro (reddit / awwnverts)
https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/08/Estranha-lula-1.jpg?fit=900%2C507&ssl=1

Uma estranha lula do mar foi filmada recentemente por uma equipe de exploradores do NOAA, nas profundezas do Golfo do Alasca.

Com um corpo transparente, uma coroa alaranjada e órgãos iridescentes, sua aparência chamou a atenção dos pesquisadores.

“É uma cacatua #lula (Cranchiidae)!” NOAA twittou recentemente  junto com o vídeo. “Bonita, hein?”

Cranchiidae são uma família de pequenas lulas de vidro. Diferente de muitas espécies que são claras e translúcidas, elas são decoradas em cromatóforos criadores de cor, que podem se iluminar com lindos tons de púrpura.

LEIA TAMBÉM: Estes tubarões produzem um brilho misterioso que está intrigando os cientistas

Estas imagens incríveis da lula cacatua foram capturadas  por um veículo operado remotamente, chamado Global Explorer, que estava mergulhando ao longo do golfo a uma profundidade de 527 metros.

Coletar amostras dessas criaturas não era a única missão dos pesquisadores, mas também observá-las em seus ambientes naturais.

É esperado que os resultados desta pesquisa ajudem os cientistas a entender melhor a diversidade da vida marinha nesta região que é tão pouco conhecida e que está prestes a sofrer mudanças climáticas sem precedentes.

LEIA TAMBÉM: Tubarão de 400 anos encontrado no Ártico pode ser o mais antigo vertebrado vivo: confira vídeo

Em um post no blog sobre a missão, o superintendente do ROV, Travis Kolbe, disse que vislumbrar a lula como um pássaro era o seu momento favorito.

“Alguns dos animais que vimos no fundo do mar e na coluna de água são simplesmente incríveis, mas o melhor foi este: estávamos seguindo uma lula cacatua (Cranchiidae), filmando e assistindo quando, de repente, ela virou a cabeça para o ROV como se estivesse reconhecendo que estávamos lá e brevemente nos encarou antes de se afastar”, escreveu ele.

“Todos nós rimos porque foi simplesmente TÃO SURPREENDENTE ver um desses animais se comportando dessa maneira. Simplesmente incrível, é a única maneira de descrevê-los.”

FONTES / NOAA / Science Alert