NaturezaEssas bizarras criaturas podem comer pedras e defecar areia

Damares Alves4 meses atrás
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/caramujo.jpg

Grande parte dos moluscos costuma fazer sua toca em um leito de lama ou areia, mas esse cara aqui não.

Lithoredo abatanica é um molusco de água doce que foi descoberto em 2006 e ele pode literalmente comer rocha e defecar areia.

Mas não é só isso, a pequena criatura pode até redesenhar a forma dos rios.

Os cientistas estão intrigados porque até agora, ninguém foi capaz de explicar como isso é possível. Tiveram até que criar um novo gênero para o animal.

Confira um vídeo em que pesquisadores das Filipinas capturaram alguns dos bichinhos:

Pesquisadores do Centro do Ocean Genome do Nordeste das Filipinas descobriram um novo gênero ou espécie de molusco que se enterra no leito de um rio nas Filipinas.

Alguns espécimes foram coletados de vários locais através do uso cuidadoso de um martelo e um cinzel. Foram Observados em tanques e preservados.

Apesar do nome eles não são minhocas e sim uma espécie de bivalves (mexilhões ou moluscos). O caramujo tem o corpo alongado que não se encaixa bem na concha, então evoluiu para uma espécie de ferramenta de moagem. E aparentemente esse é o segredo de sua alimentação.

Alguns tipos bivalves de realizam o mesmo processo porém, com madeira. Não se sabe bem se as pedras são a única fonte de alimento dessas criaturas, já que rochas tem pouquíssimos nutrientes.

Uma coisa é certa, ainda há muito o que se aprender com essa nova espécie.

FONTE: A rock-boring and rock-ingesting freshwater bivalve (shipworm) from the Philippines [The Royal Society].