PaleontologiaMilípede de milhões de anos e em perfeito estado é encontrado em âmbar

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/05/199319_web.jpg?fit=1200%2C1025&ssl=1

Uma equipe de paleontólogos da Bulgária e da Alemanha encontrou um milípede perfeitamente preservado em um âmbar de 99 milhões de anos, em Mianmar (antiga Birmânia).

Os milípedes são um grupo de artrópodes muito diversificado, mas também muito subestimado, com mais de 11.000 espécies descobertas. O número real de espécies é estimado entre 15.000 e 80.000.

A Era Mesozoica – um intervalo de tempo geológico de cerca de 252 a 66 milhões de anos atrás – é pobre em fósseis de milípedes, com menos de uma dúzia de espécies descritas taxonomicamente.

Apelidado de Burmanopetalum inexpectatum, a espécie de milípede recém-descoberta viveu há aproximadamente 99 milhões de anos (período cretáceo).

A criatura possui cerca de 8,2 mm de comprimento e foi encontrada em um âmbar no vale de Hukawng, no norte de Mianmar.

Pertence a Callipodida, um pequeno grupo de centopéias transportadoras de fieiras.

“Tivemos a sorte de encontrar este espécime tão bem preservado em âmbar”, disse o principal autor do estudo, Pavel Stoev, pesquisador do Museu Nacional de História Natural da Bulgária.

“Com a próxima geração de micro-CT, o software de processamento e renderização de imagens associado, agora podemos reconstruir o animal inteiro e observar os menores traços morfológicos que raramente são preservados em fósseis.”

“Isso nos deixa confiantes de que comparamos com sucesso sua morfologia com as dos milípedes existentes.”

“Foi uma grande surpresa para nós que este animal não possa ser colocado na atual classificação de milípedes. Apesar de sua aparência geral ter permanecido inalterada nos últimos 100 milhões de anos, como nosso planeta sofreu várias mudanças dramáticas nesse período, alguns traços morfológicos da linhagem Callipodida evoluíram significativamente.”

O professor Stoev e seus colegas tiveram que revisar a atual classificação dos milípedes e introduzir uma nova subordem (Burmanopetalidea) e uma nova família (Burmanopetalidae).

“Até agora, a Era Mesozoica demonstrou ser lar de apenas algumas espécies de milípedes, mas novas descobertas do âmbar birmanês estão mudando rapidamente o quadro”, disse o Dr. Greg Edgecombe, especialista em estudos de fósseis artrópodes no Museu de História Natural de Londres. [Sci-News]


P. Stoev et al. 2019. Dwarfs under dinosaur legs: a new millipede of the order Callipodida (Diplopoda) from Cretaceous amber of Burma. ZooKeys 841: 79-96; doi: 10.3897/zookeys.841.34991