Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Vídeo mostra explosão da bomba nuclear mais potente já detonada

bomba nuclear mais potente já detonada

A Rússia divulgou um vídeo que mostra a explosão da bomba nuclear mais potente já detonada. A detonação da Bomba Czar aconteceu no dia 30 de outubro de 1961. O teste foi realizado em um arquipélago no Círculo Ártico.

As imagens foram divulgadas pela Rosatom, a agência atômica do país. Trata-se de uma bomba de hidrogênio RDS 220. A sua detonação emitiu o equivalente a 57 milhões de toneladas de TNT. Ou seja, cerca de 700 vezes mais poderosa do que a bomba que devastou a cidade de Hiroshima, no Japão, em 1945.

Bomba nuclear mais potente já detonada foi vista por mil quilômetros de distância

Qual é a diferença entre uma bomba de hidrogênio e uma bomba atômica? É o processo de detonação. Na atômica, quando o processo de separação (fissão) do núcleo acontece há a liberação de muita energia.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Enquanto isso, uma bomba de hidrogênio funciona diferente, ela inclui várias etapas. Tudo começa com a explosão de uma bomba atômica, que gera temperaturas elevadíssimas e cria energia suficiente para aproximar núcleos de elementos leves. Assim, os isótopos de hidrogênio se combinam em uma outra etapa no que é chamado de fusão nuclear.

LEIA TAMBÉM: O que aconteceria se uma usina nuclear brasileira explodisse?

Conforme a BBC, a explosão da Bomba Czar aconteceu 4 mil metros acima do solo. Ela gerou uma enorme nuvem com 64 quilômetros de altura e avistada numa distância de mil quilômetros.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Por mais que tenha sido feito numa região afastada, a bomba devastou uma vila a 54 quilômetros da detonação. Em relação aos pilotos do avião, eles sobreviveram, já que a bomba foi solta com um paraquedas.

O vídeo completo tem 40 minutos de duração. As imagens começam com a preparação para a detonação e terminam com os estragos causados pelo evento. Por fim, os testes nucleares da União Soviética começaram em 1949 e em 1958 foram 36 detonações.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Com informações de G1.

Erik Behenck
Publicado por

Erik Behenck é jornalista, adora novas descobertas e apaixonado pela escrita.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Sociedade & Cultura

O povo Tsimane é uma tribo indígena amplamente isolada que vive na Amazônia boliviana.  Estas pessoas levam uma vida muito diferente da nossa. E eles...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...