Connect with us

Hi, what are you looking for?

Ciência

Vestígios de tecido de 5000 anos de idade encontrados na Escócia

Uma nova evidência de tecido com cinco milênios foi encontrada por pesquisadores em uma panela de barro antiga, na Escócia.

Tecido de 5000 anos
Marca de cordão em peça de barro. (Créditos da imagem: UHI Archaeology Institute)

A fabricação têxtil é algo que, de fato, já existia durante a pré-história, e uma nova evidência de um tecido de 5000 anos foi encontrada por pesquisadores em uma panela de barro antiga, na Escócia.

A descoberta foi feita próximo ao Ness of Brodgar e as Pedras de Stenness, construções de mais de 5 mil anos. A região que é escavada desde 2003, possui importantes artefatos que remetem o período neolítico.

Além disso, a região engloba uma área de cerca de 2,5 hectares, o equivalente a 25 mil metros quadrados, um tamanho mais ou menos como o de 3,5 campos de futebol.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Arqueólogos encontram evidências de tecido de 5000 anos

Até o momento, a única evidência de tecido neolítico, havia sido encontrada em 1966, em um pedaço de argila. Inspirados nisso, em 2019 uma equipe começou a buscar por evidências têxteis nesses objetos.

O projeto foi iniciado pelos pesquisadores escoceses Jan Blatchford e Roy Towers, do Instituto de Arqueologia da University of the Highlands and Islands.

Para que isso fosse possível, os arqueólogos utilizaram um processo chamado de Reflectance Transformation Imaging (Imagem de Transformação de Refletância). 

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Nesse processo, são feitas várias fotografias com a fonte de iluminação em diversos ângulos diferentes, de forma que sejam combinadas mais tarde, formando uma imagem de altíssima resolução. 

Uma “impressão digital”

Não é, no entanto, um tecido que reveste a olaria, mas sim as “digitais” do tecido impressas na argila, ocorridas possivelmente quando o oleiro esbarrou no objeto, deixando as fibras marcadas.

A impressão, com cerca de 4 cm de comprimento e 3 mm de diâmetro, foi identificada inicialmente por uma voluntária, que comunicou aos responsáveis.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
tecido
Marca de cordão em peça de barro. (Créditos da imagem: UHI Archaeology Institute)

Outros vasos também possuem marcas de fibras que indicam o uso de tapetes para ajudar se moldar os objetos.

Nick Card, diretor do sítio arqueológico de Ness of Brodgar diz que evidências têxteis não são comuns na região, o que sugere fabricação manual.

Ele que completa que “a falta de evidência material em torno da produção têxtil pode nos ajudar a inferir quais técnicas eles podem estar usando”.

Não é impossível que o tecido em si sobreviva. Em Cambridgeshire, na Inglaterra, foram encontrados restos orgânicos correspondentes a um tecido, datados da idade do bronze.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Avatar
Publicado por

É divulgador científico por paixão. Gradua-se em Física pela UFSCAR e atua principalmente na Ciencianautas e SoCientífica.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...

Plantas & Animais

Raças menores de cães geralmente apresentam comportamentos mais instáveis. Pode haver, portanto, diversos motivos para cachorros pequenos serem ferozes.