Connect with us

Hi, what are you looking for?

Ciência

Vestígios de tecido de 5000 anos de idade encontrados na Escócia

Uma nova evidência de tecido com cinco milênios foi encontrada por pesquisadores em uma panela de barro antiga, na Escócia.

Tecido de 5000 anos
Marca de cordão em peça de barro. (Créditos da imagem: UHI Archaeology Institute)

A fabricação têxtil é algo que, de fato, já existia durante a pré-história, e uma nova evidência de um tecido de 5000 anos foi encontrada por pesquisadores em uma panela de barro antiga, na Escócia.

A descoberta foi feita próximo ao Ness of Brodgar e as Pedras de Stenness, construções de mais de 5 mil anos. A região que é escavada desde 2003, possui importantes artefatos que remetem o período neolítico.

Além disso, a região engloba uma área de cerca de 2,5 hectares, o equivalente a 25 mil metros quadrados, um tamanho mais ou menos como o de 3,5 campos de futebol.

Continua depois da publicidade

Arqueólogos encontram evidências de tecido de 5000 anos

Até o momento, a única evidência de tecido neolítico, havia sido encontrada em 1966, em um pedaço de argila. Inspirados nisso, em 2019 uma equipe começou a buscar por evidências têxteis nesses objetos.

O projeto foi iniciado pelos pesquisadores escoceses Jan Blatchford e Roy Towers, do Instituto de Arqueologia da University of the Highlands and Islands.

Para que isso fosse possível, os arqueólogos utilizaram um processo chamado de Reflectance Transformation Imaging (Imagem de Transformação de Refletância). 

Continua depois da publicidade

Nesse processo, são feitas várias fotografias com a fonte de iluminação em diversos ângulos diferentes, de forma que sejam combinadas mais tarde, formando uma imagem de altíssima resolução. 

Uma “impressão digital”

Não é, no entanto, um tecido que reveste a olaria, mas sim as “digitais” do tecido impressas na argila, ocorridas possivelmente quando o oleiro esbarrou no objeto, deixando as fibras marcadas.

A impressão, com cerca de 4 cm de comprimento e 3 mm de diâmetro, foi identificada inicialmente por uma voluntária, que comunicou aos responsáveis.

Continua depois da publicidade
tecido
Marca de cordão em peça de barro. (Créditos da imagem: UHI Archaeology Institute)

Outros vasos também possuem marcas de fibras que indicam o uso de tapetes para ajudar se moldar os objetos.

Nick Card, diretor do sítio arqueológico de Ness of Brodgar diz que evidências têxteis não são comuns na região, o que sugere fabricação manual.

Ele que completa que “a falta de evidência material em torno da produção têxtil pode nos ajudar a inferir quais técnicas eles podem estar usando”.

Não é impossível que o tecido em si sobreviva. Em Cambridgeshire, na Inglaterra, foram encontrados restos orgânicos correspondentes a um tecido, datados da idade do bronze.

Continua depois da publicidade

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.