Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Os impactos das atividades humanas já afetam 60% dos oceanos

A primeira conclusão é que o problema é maior do que se pensava anteriormente.

Um estudo recente mostra que cerca de 60% dos oceanos já sofrem os impactos das atividades humanas descontroladas.

De poluição à pesca irregular e desenfreada, as atividades humanas têm um forte impacto na saúde dos oceanos da Terra.

Pela primeira vez pesquisadores avaliaram esses impactos e a velocidade com que eles aumentam, e acabaram obtendo uma triste conclusão: na última década, o impacto dos seres humanos nos oceanos quase dobrou. E pode dobrar mais uma vez na próxima década se nada for feito.

Continua depois da publicidade

LEIA TAMBÉM: Aprovações de agrotóxicos no Brasil atingem números preocupantes

A mudança climática aquece, acidifica e eleva os mares, causa muitos impactos negativos à vida marinha. Mas esse não é o único problema, há também problemas como o da pesca comercial, a poluição do escoamento e a elevada poluição de plástico.

Variações anuais no impacto global dos seres humanos nos oceanos entre 2003 e 2013. Entre os aspectos mais marcantes: um enorme aumento de temperaturas em um período relativamente curto de tempo. (© magdal3na, Fotolia)

Regiões mais afetadas

Os pesquisadores oferecem uma visão global interessante que pode ajudar a imaginar políticas sólidas de gerenciamento sustentável. Eles revelam que a Austrália, a África Ocidental, as ilhas do Caribe Oriental e o Oriente Médio são as áreas de maior preocupação.

Entre os ecossistemas mais ameaçados estão habitats costeiros, como manguezaisrecifes de corais ou tapetes de ervas marinhas.

Continua depois da publicidade
40% dos oceanos já foram afetados severamente

A primeira conclusão é que o impacto das atividades humanas é maior do que se pensava anteriormente.

O mapa indica, por cor, o grau de influência das atividades humanas nos ecossistemas marinhos. (© BS Halpern ).

Os autores determinaram um indicador, entre 0 e 20, para mostrar a extensão da influência humana sobre uma pequena área. Áreas com uma classificação inferior a 1,4, que são praticamente intocadas, são mostradas em azul no mapa e representam apenas uma minúscula área. Essas áreas são em sua maioria, regiões polares.

LEIA TAMBÉM: Rios do mundo inteiro estão contaminados com níveis preocupantes de antibióticos

No atlas, a cor mais comum é o laranja que possui pontuações entre 8,47 e 12. No total, em 40% dos oceanos do mundo, os ecossistemas estão gravemente ameaçados. No entanto, há áreas ainda mais afetadas, e elas são representadas no mapa pela cor vermelha, são eles o Mar do Norte, os mares da China Oriental e Meridional e o Mar de Bering.

Continua depois da publicidade

O artigo científico foi publicado na Scientific Reports.

FONTE / Futura-Science

Continua depois da publicidade
Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Comentários

Populares hoje

Mente & Cérebro

Pela primeira vez, pesquisadores conseguiram estudar o momento em que a morte cerebral se torna irreversível no corpo humano, observando o fenômeno em vários...

Plantas & Animais

No fim da década passada, em 2007, cientistas russos, húngaros e norte-americanos recuperaram sementes congeladas de Silene stenophylla, enquanto avaliavam aproximadamente 70 antigas tocas...

Mundo Estranho

Esta semana moradores da cidade de Cracóvia, na Polônia teriam se trancado em casa assustados com uma ‘criatura aterrorizante’ que estaria escondida nas árvores perto...

História & Humanidade

100.000 anos atrás, um grupo de 36 neandertais caminhou ao longo de uma praia no sul da Espanha. Durante a caminhada, vários indivíduos deixaram...