Connect with us

Hi, what are you looking for?

(Foto de Pille Kirsi no Pexels)

Pets

Os cães podem comer aveia? Se sim, deveriam?

A aveia é um alimento básico comum no café da manhã, bom tanto por sua versatilidade quanto por seus benefícios potenciais à saúde. Também acabou se tornando um ingrediente cada vez mais comum em muitos tipos de comida comercial para cães.

Embora pareça claro que a aveia é geralmente segura para seu companheiro canino, você pode se perguntar sobre cuidados com alguns métodos de preparação e se realmente é saudável para cachorros.

Continua depois da publicidade

É o que vamos analisar: os cães podem – e devem – comer aveia?

Aveia e seus benefícios

A aveia é altamente nutritiva e tem sido associada a vários benefícios para a saúde. Além de promover a saúde da pele também.

Isso porque ela é rica em vitaminas B e ácido linoléico, um tipo de ácido graxo ômega-6. Por sua vez, as vitaminas B desempenham um papel fundamental na saúde da pele e podem estar envolvidas na produção de células saudáveis para a mesma.

Continua depois da publicidade

Enquanto isso, o ácido linoléico também é essencial para a saúde da pele e ajuda a manter a integridade dela, promovendo a cicatrização de feridas e aliviando a inflamação.

aveia
(Pixabay)

Portanto, mesmo esses benefícios não sendo estudados em cães especificamente, a pele dos cachorros é semelhante à pele humana.

Além disso, a aveia é rica em fibras, com mais de 4 gramas de fibra em cada xícara cozida (equivalente a 240 gramas). Logo, a fibra tem sido associada a uma série de benefícios potenciais à saúde, especialmente em termos de saúde digestiva.

A fibra move-se lentamente pelo corpo sem ser digerida, o que adiciona volume às fezes e mantém a regularidade. Então, mesmo o estudo com cães sendo limitado, a pesquisa sugere que o aumento da ingestão de fibras pode ser bom para o tratamento da constipação.

Continua depois da publicidade

A aveia também reduz os níveis de colesterol

Se o seu cão tem níveis elevados de colesterol devido a condições metabólicas ou genéticas de saúde, a aveia pode estar pronta para ajudar.

Ou seja, a aveia é uma fonte de beta glucana, um tipo de fibra que tem sido associada à melhoria da saúde do coração.

Estudos em humanos revelam a aveia como auxiliar para a redução dos níveis de colesterol, especialmente em pessoas com colesterol alto.

Continua depois da publicidade

E um estudo realizado com 14 cães observou resultados semelhantes, mostrando a suplementação com beta-glucana de aveia por 71 dias reduzindo os níveis de colesterol total e LDL ruim.

No entanto, estudos mais amplos e de alta qualidade ainda são necessários para confirmar se a aveia ajuda a reduzir os níveis de colesterol em cachorros.

Potenciais efeitos colaterais

aveias
(Pixabay)

Mesmo a aveia sendo uma grande fonte de nutrientes, nem todos os tipos são adequados para nossos amigos de estimação.

Em particular, aveia crua pode ser difícil de ser digerida pelo cão, além de causar problemas estomacais por causa disso.

Continua depois da publicidade

Também é recomendável evitar variedades aromatizadas, que geralmente são ricas em açúcar e contem ingredientes tóxicos para cães, como chocolate, passas ou álcool de açúcar xilitol.

Concluindo, a preparação da aveia deve ser feita com água em vez de leite, pois muitos cachorros não conseguem digerir a lactose tão bem.

Continua depois da publicidade

Mais lidas

Animais

Há aproximadamente 400 anos houve uma grande onda de frio que assolou todo o globo terrestre. O gelo atingiu a ilha de Ellesmere no...

Animais

Um novo teste de inteligência em uma espécie cefalópode reforçou como é importante não subestimar a inteligência animal. Os chocos foram submetidos a uma...

Animais

Com a capacidade de aprender a resolver problemas assim como os humanos, os polvos são uma das espécies mais inteligentes do oceano. Esses animais...

Animais

O pequeno molusco pode até redesenhar a forma dos rios.