Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

O ‘computador’ mais antigo tem seus segredos revelados

Pesquisadores recriaram o dispositivo de Antikythera através de um modelo teórico que aparentemente resolve seus mistérios e problemas de maneiras surpreendentes.

Computador mais antigo antikythera
Modelo computacional das engrenagens do mecanismo. (© 2020 Tony Freeth / UCL)

A misteriosa tecnologia de Antikythera tem aproximadamente 2.000 anos e é considerada o computador mais antigo já descoberto, acredita-se que foi utilizada para prever posições astronômicas, eclipses e para fins calendáricos e astrológicos.

Agora, em um novo estudo, pesquisadores recriaram o dispositivo de Antikythera através de um modelo teórico que aparentemente resolve seus mistérios e problemas de maneiras surpreendentes.

Computador mais antigo
(Museu Arqueológico Nacional de Atenas)

O mais antigo computador já conhecido é um objeto mecânico composto de madeira e metal, com a forma e as dimensões de uma caixa de sapatos. Ele foi encontrada em meio aos detritos do naufrágio de Antikythera.

Grande parte da parte frontal do mecanismo está faltando, mas os pesquisadores concordam que um grande mostrador circular já exibia os movimentos dos corpos celestes no céu. Trens complexos de engrenagens calculavam o movimento de ida e volta dos planetas vistos da Terra, bem como a velocidade variável do sol e da lua.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Computador mais antigo 1
Modelo computacional das engrenagens do mecanismo. (© 2020 Tony Freeth / UCL)

No estudo, a equipe de pesquisa explicou que em seu novo modelo a ferramenta exibe os ciclos do Sol, da Lua e dos planetas e descreve o trabalho como “um impressionante tour de force do brilho da Grécia Antiga”. Ainda segundo os pesquisadores, os corpos celestes não eram representados por ponteiros, como visto nos modelos anteriores, mas sim por anéis giratórios concêntricos. 

Computador mais antigo do mundo
Inscrições encontradas no mecanismo de Antikythera levaram a uma série de avanços na criação do dispositivo de Antikythera reconstruído “teoricamente”. (Tony Freeth et al. / Nature)

Inscrições encontradas no modelo sugerem que belas pedras semipreciosas coloridas podem ter mostrado a posição de cada planeta em seu anel. Este antigo computador astronômico foi construído com 30 engrenagens de bronze que foram giradas individualmente para reproduzir as posições relativas dos planetas. Esses dados foram então usados ​​para prever eclipses astronômicos e fases da lua, as posições dos planetas e as datas das Olimpíadas, segundo o novo paper.

Agora que possuem um modelo consistente os pesquisadores esperam montar um modelo físico que reconstrua a ferramenta como nenhum outro. E para provar que o dispositivo realmente funcionaria, eles planejam utilizar técnicas de 2.000 anos em sua reconstrução.

Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...