Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Novas espécies de tubarões são diferentes de tudo o que conhecemos

Tubarões encontrados no Oceano Índico
Esses tubarões foram encontrados no Oceano Índico. (Imagem: Universidade de Newcastle)

Duas novas espécies de tubarões foram identificadas vivendo nas profundezas do Oceano Índico Ocidental. Eles possuem focinhos que contam com muitos dentes e bigodes, parecido com o peixe-gato, servindo para auxiliar no momento de buscarem por presas.

O que chama atenção mesmo é a estrutura física dessas novas espécies, serras de seis guelras. Eles podem medir até 1,5 metro, com um focinho bem alongado. O Pilotrema annae foi localizado por pescadores em Zanzibar já a outra espécie foi localizada em Madagascar, conhecida como Pilotrema kajae.

A descoberta das novas espécies de tubarões

Infelizmente as duas espécies foram encontradas já sem vida. O estudo foi publicado originalmente pela revista PLOS One e depois na CNN, mostrando que a parte Oeste do Oceano Índico é muito interessante em relação a biodiversidade quanto a tubarões e raias. Além disso, acreditam que há muito para se descobrir naquela região.

Continua depois da publicidade

“Estávamos realizando pesquisas de tubarão e raios com esses pescadores na época e percebemos que esses serrotes não correspondiam às espécies existentes”, disse o autor do estudo, Andrew Temple, pesquisador associado da Universidade de Newcastle, no Reino Unido.

Novas espécies de tubarões encontradas no Índico

Por enquanto, a maior parte dos trabalhos realizados em relação a pesquisas nesse oceano vem da colaboração de pescadores. Porém, a pesca em pequena escala é a que domina a região, com mais de 150 mil embarcações navegando pelo Índico.

“Isso torna o monitoramento logístico muito difícil”, comentou o autor do estudo. “É por isso que aparentemente incomum, espécies como essas podem frequentemente não ser descobertas por algum tempo”, completou. Assim, a tendência é que os pescadores de embarcações pequenas não tenham interesse por descobertas e muitas vezes devolvem ao mar criaturas diferentes que capturam.

Segundo Temple, os tubarões são um belo exemplo da evolução e da adaptação. “Eles estão tão perfeitamente adaptados ao seu ambiente e ao mundo ao seu redor que existem, praticamente inalterados, há milhões de anos”, disse ele. “Eles estavam por perto antes das árvores”, disse.

Continua depois da publicidade

Conheça as novas espécies de tubarões

Antes que esse estudo fosse publicado havia apenas uma espécie de serragem com seis guelras. São animais que se alimentam de peixes, crustáceos e lulas, onde o focinho com diversos dentes serve para auxiliar na captura. São tubarões que podem medir até 1,5 metro de comprimento, como se fossem uma verdadeira serra.

A espécie Pilotrema kajae foi localizada por pesquisadores que buscaram por tubarões em museus, sendo que dois deles foram achados no Museu da História Natural de Londres. Isso aconteceu logo depois que os tubarões de focinho alongado foram encontrados em Madagascar.

Acontece que os pesquisadores perceberam que espécies catalogadas e presentes em museus estavam erradas. Não eram espécimes já conhecidas e sim algo novo. Porém, é bom avisar que as espécies de serraria tinham sido descobertas.

Continua depois da publicidade

Chama atenção que possuem dentes maiores e menores, todos alinhados. “Os serrotes de seis guelras são realmente extraordinários, já que a maioria das serras tem cinco fendas branquiais por lado”, disse Simon Weigmann, co-autor do estudo, baseado no Laboratório de Pesquisa Elasmobranch em Hamburgo, Alemanha.

Avatar
Publicado por

Erik Behenck é jornalista, adora novas descobertas e apaixonado pela escrita.


Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Surto de vômito entre cães foi identificado por pesquisadores como um novo tipo de coronavírus canino não transmissível a humanos.

Espaço

Após um documentarista divulgar imagens intrigantes acerca de um possível OVNI, o Pentágono confirmou sua autenticidade. Nas filmagens, o objeto voador estava sobrevoando um...

Saúde & Bem-Estar

O alumínio é um metal pesado que não é essencial para o corpo humano. Contudo, esse composto é altamente reativo biologicamente e diversos estudos...

Plantas & Animais

No dia 01 de Abril de 2009 cientistas anunciaram o nascimento do primeiro — e único — animal extinto já ressuscitado. Em um artigo...