Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Menor tamanduá do mundo vive no Brasil e é adorável; confira imagens

Um filhote de tamanduaí, o menor tamanduá do mundo. (Imagem: Karina Theodoro Molina)
Um filhote de tamanduaí, o menor tamanduá do mundo. (Imagem: Karina Theodoro Molina)

Existem quatro espécies conhecidas de tamanduá; o tamanduá-do-norte, o tamanduaí, o tamanduá-mirim e o tamanduá-bandeira. O tamanduá-bandeira é o maior deles, e é também o mais conhecido. Já tamanduaí é a menor espécie, sendo o menor tamanduá do mundo.

O tamanduaí, o menor tamanduá do mundo. (Imagem: Quinten Questel, domínio público)
O tamanduaí, o menor tamanduá do mundo. (Imagem: Quinten Questel, domínio público)

Também conhecido como tamanduá-cigarra ou tamanduá-seda, o Cyclopes didactylus é um pequeno animal aborícola que pode ser encontrado em vários lugares da América Latina. Embora seja um animal muito curioso, é muito difícil de ser encontrado, porque é minúsculo e vive no topo das árvores. Ele mede não mais que 30 centímetros e tem apenas 300 gramas.

LEIA TAMBÉM:Vídeo fofinho mostra o menor tatu do mundo se enterrando

Com uma pela pelagem marrom-acastanhada, esta é a única espécie de Cyclopes com listras escuras dorsais e ventrais claramente marcadas. O tamanduaí se alimenta principalmente de pequenos insetos que encontra nas árvores durante a noite, e costuma dormir durante o dia.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Pesquisadores diferenciam os tamanduás principalmente pelo número de dedos das patas dianteiras. Os mirins têm quatro dedos (“tetradáctila”, do latim), o bandeira tem três (“tridáctila”) e o tamanduaí, dois (“didáctila”).

Menor tamanduá do mundo
Anatomia da mão do tamanduaí. (Imagem: Frank E. Beddard – The Cambridge Natural History, Volume X—Mammalia., Domínio público.)

O menor tamanduá do mundo e seu estado de conservação

O tamanduaí habita as florestas tropicais. A baixa taxa metabólica desta espécie e sua capacidade reduzida para termorregulação, limita sua distribuição para as florestas abaixo de 1.500m. A subpopulação do nordeste de C. didactylus é restrita a floresta tropical úmida de terras baixas e mangues.

LEIA TAMBÉM: Cientistas descobriram o organismo mais longo de todos os tempos

O tamanduaí não é capaz de sobreviver em plantações de cana-de-açúcar e culturas agrícolas que, com o passar do tempo estão substituindo a vegetação original de seu habitat. Este pequeno animal é principalmente ameaçado por que o desmatamento e a incêndios florestais destroem seu habitat.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
O menor tamanduá do mundo
O tamanduaí é o menor de todos os tamanduás, apresentam cerca de 55 cm e pesam apenas 300 gramas, e são ameaçado principalmente devido ao desmatamento e a incêndios florestais.

Um fato curioso

Um fato curioso sobre este pequeno animal é que o tamanduaí toma uma postura defensiva quando se sente ameaçado, erguendo-se sob suas patas posteriores, que estão sempre agarradas a algum apoio, e enrolando sua cauda seguramente a este apoio, formando uma espécie de tripé. Com as patas frontais e suas fortes garras posicionados próximos à face do animal, ele flexiona o corpo para frente e, e embora as patas dianteiras encontrem-se suspensas, o animal não perde o equilíbrio e se mantém firme. Esta é uma forma do pequeno animal intimidar possíveis predadores.

Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...

Plantas & Animais

Raças menores de cães geralmente apresentam comportamentos mais instáveis. Pode haver, portanto, diversos motivos para cachorros pequenos serem ferozes.