Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

A vacina contra o HPV será oferecida a todas as crianças da Inglaterra — não apenas às meninas

A vacina ajuda contra o papiloma vírus humano (HPV) a prevenir vários tipos de câncer, já que este vírus é oncogênico. (Foto: Wikimedia Commons/ Crédito: NIAID)

Meninos na Inglaterra receberão a vacina contra papilomavírus humano (HPV), 10 anos depois da vacina ter sido implementada para meninas.

A decisão segue uma recomendação do Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização (JCVI, na sigla em inglês) na semana passada, que afirmou que um programa de gênero neutro para proteção contra o vírus sexualmente transmissível seria economicamente viável. A recomendação já levou os governos escocês e galês a decidir estender as vacinas contra o HPV aos meninos.

“Qualquer programa de vacinação deve ser firmemente fundamentado em evidências para garantir que possamos obter os melhores resultados para os pacientes, mas como pai de um menino, entendo o alívio que isso trará aos pais”, disse o ministro da saúde pública, Steve Brine.

Continua depois da publicidade

Atualmente, a vacinação contra o HPV é oferecida a meninas entre 12 e 13 anos no ensino médio, e também está disponível gratuitamente no NHS até o jovem complete 18 anos. Mas o vírus não causa apenas tumores cervicais (também chamado de câncer do colo do útero) e vaginais — também pode causar câncer de pênis, ânus, boca e garganta, bem como verrugas genitais.

Estender a vacinação aos meninos ajudará a prevenir tais doenças e pode significar que mais homens gays sejam protegidos contra o vírus em uma idade ainda jovem. O uso mais amplo da vacina também deve reduzir ainda mais os casos de câncer do colo do útero nas mulheres, por meio da imunidade de rebanho ou imunidade de grupo, termos utilizados na infectologia para se referir aos benefícios da aplicação de vacinas em pessoas que não a tomaram (efeito que acontece de modo indireto, já que indivíduos que recebem vacinas com vírus atenuados se transformam em vetores desse agente na população).

O programa de vacinação contra o HPC das meninas já reduziu a prevalência dos dois principais tipos de vírus HPV causadores de câncer em 80%, segundo dados da Public Health England. “Quase todas as mulheres com menos de 25 anos já receberam a vacina contra o HPV e estamos confiantes de que veremos um aumento similar nos meninos”, diz Mary Ramsay, chefe de imunizações da Public Health England.

Continua depois da publicidade

Fonte: New Scientist (adaptado).

Avatar
Publicado por

Mestrando em Estudos Ambientais pela UCES, Buenos Aires. Graduado em Engenharia Civil e pós-graduado em Gestão Pública e Controladoria Governamental. Com interesse por ciência, tecnologia, filosofia, desenvolvimento sustentável e diversas outras áreas do conhecimento humano.

Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Surto de vômito entre cães foi identificado por pesquisadores como um novo tipo de coronavírus canino não transmissível a humanos.

Espaço

Após um documentarista divulgar imagens intrigantes acerca de um possível OVNI, o Pentágono confirmou sua autenticidade. Nas filmagens, o objeto voador estava sobrevoando um...

Saúde & Bem-Estar

O alumínio é um metal pesado que não é essencial para o corpo humano. Contudo, esse composto é altamente reativo biologicamente e diversos estudos...

Plantas & Animais

No dia 01 de Abril de 2009 cientistas anunciaram o nascimento do primeiro — e único — animal extinto já ressuscitado. Em um artigo...