HomeTagArquivos Inteligência Artificial - Socientífica

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/vida-3.0.jpeg

O livro “Life 3.0: Being Human in the Age of Artificial Intelligence” (2017), do físico e professor do MIT, Max Tegmark é uma relevante referência para a discussão sobre os impactos da Inteligência Artificial (IA), sobre a dinâmica econômica do mundo e sobre as possíveis reconfigurações da noção tradicional do ser humano. O título da obra refere-se a uma terceira fase da história evolutiva. Por quase 4 bilhões de anos, tanto o hardware (corpos) quanto...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2018/12/ffraz_abr_18122018-8143-1140x720.jpg

NotíciaRio de Janeiro começa a usar Inteligência Artificial na busca por criminosos

6 meses atrásDemonstração de software que o Disque Denúncia passa a utilizar em parceria com The Staff of Security, em que compartilha seu banco de dados de foragidos da justiça com câmeras de segurança que utilizam sistema de reconhecimento facial.

Cerca de 1.100 dos criminosos mais perigosos do estado serão automaticamente reconhecidos quando passarem por uma das câmeras do sistema chamado Facewatch.

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2018/06/artificial-intelligence-background-8.jpg

Assumimos como certo o vasto poder de computação do nosso cérebro. Mas os cientistas ainda estão tentando levar os computadores ao nível do cérebro. Foi assim que acabamos parando nos algoritmos de inteligência artificial (ou IA) que aprendem através de neurônios virtuais  —  a rede neural. Agora, uma equipe de engenheiros deu mais um passo para emular os computadores em nossos crânios: eles construíram uma rede neural física, com circuitos que se assemelham ainda mais aos neurônios. Quando eles...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/11/Distopia-1280x720.jpg

Por Ashutosh Jogaleka Publicado na Curious Wavefunction Em 1995, apenas um ano antes de sua morte, Carl Sagan publicou o best-seller chamado “O Mundo Assombrado pelos Demônios”, onde lamentava sobre a crescente invasão da pseudociência na mente das pessoas. Era um volume eloquente e amplo, Sagan falou principalmente das besteiras pseudocientíficas óbvias, como abduções alienígenas, psicocinese e astrologia. Mas ele também era um observador astuto da natureza humana, e foi bem educado na área de humanidades. Sua ampla compreensão dos...