HomeTagArquivos Asteroide - SoCientífica

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/file.asteroida-ziemia-1280x720.jpg

Um asteroide de 100 metros de largura passou a apenas 70 mil quilômetros da Terra na quinta-feira, horário da Austrália. Foi descoberto pela pesquisa brasileira da SONEAR há poucos dias, e sua presença foi anunciada poucas horas antes de passar pelo nosso planeta. A falta de aviso mostra quão rapidamente asteroides potencialmente perigosos podem nos surpreender. O asteroide, tranquilizadoramente designado como 2019 OK, não é uma ameaça para a Terra neste momento. No entanto, 2019 OK e outros asteroides próximos...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/asteroide-não-colidirá-com-a-terra.jpg

Está se divulgando muito em mídias sociais e sites sensacionalistas que um asteroide atingirá a Terra este ano no. A chance disso acontecer, contudo, foi descartada de vez por astrônomos. A falta de detecção do asteroide na “área de curso prevista para a colisão” fizeram os astrônomos descartarem a possibilidade, ainda que remota, do asteroide 2006 QV89 colidir com a Terra. O asteroide, com tamanho aproximado de 50 metros de diâmetro, foi descoberto pelo Catalina...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/04/hubblewatche-1280x720.jpg

EspaçoHubble observa asteroide girando e se desfazendo em pedaços

6 meses atrás18 minEsta imagem do Telescópio Espacial Hubble revela a autodestruição gradual de um asteroide, cujo empoeirado material ejetado formou duas longas e finas caudas semelhantes a de cometas. A cauda longa se estende por mais de 800.000 quilômetros e tem cerca de 4.800 quilômetros de largura. A cauda mais curta tem cerca de um quarto do comprimento. Esses rastros acabarão por se dispersar no espaço. Crédito: NASA, ESA, K. Meech e J. Kleyna (Universidade do Havaí) e O. Hainaut (European Southern Observatory)

Imagem do Telescópio Espacial Hubble revela a autodestruição gradual de um asteroide.

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/09/florence-800x533.jpg

EspaçoUm asteroide passou perto da Terra em 1º de setembro — e ele veio acompanhado

2 anos atrás20 minUma pedra gigante com o nome de Florence Nightingale passou pela Terra em 1º de setembro de 2017.
Observação: Imagem meramente ilustrativa

Uma enorme rocha espacial chamada Florence, de aproximadamente 4,4 quilômetros de diâmetro, passou zunindo pela Terra em cerca de 7 milhões de quilômetros no dia 1º de setembro. É o maior asteroide a passar perto da Terra em mais de um século. Os astrônomos descobriram o asteroide em 1981 e o nomearam de 3122 Florence, em referência à Florence Nightingale, fundadora da enfermagem moderna. Com base em uma reconstrução de sua órbita histórica, os astrônomos determinaram que...