Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

O maior eclipse e a maior duração, qual é a diferença?

De Lina Tran para o NASA’s Goddard Space Flight Center

No caminho do eclipse solar de 2017, dois pontos são de grande interesse para os observadores do evento: o ponto do maior eclipse e ponto de maior duração. Qual é a diferença?

Durante o eclipse solar total em 21 de agosto de 2017, a sombra da Lua atravessará os Estados Unidos do Oregon para a Carolina do Sul em apenas uma hora e meia. Mas a sombra não viajará pelo país à mesma velocidade. Em vez disso, sua velocidade variará e, dependendo do local, também a duração da totalidade, os minutos fugazes quando a Lua cobre completamente o Sol.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
No caminho do eclipse soltar total de 2017 (Fonte: NASA no facebook)

No caminho do eclipse soltar total de 2017.Observação: a animação não mostra todo o caminho da totalidade. (Fonte: NASA no facebook)

Dois pontos ao longo do caminho da sombra são de particular interesse para os espectadores do eclipse que buscam a totalidade mais duradoura: o ponto do maior eclipse e o ponto de maior duração. Mas um não deve ser necessariamente maior do que o outro. Com o céu sem nuvens, qualquer visão da coroa solar, também chamada de coroa branca, coroa de Fraunhoffer ou corona, a atmosfera etérea, branca e perolada do Sol — deve ser espetacular. Então qual é a diferença entre os dois? Ponto de maior eclipse e ponto de maior duração, vamos às explicações.

O ponto de maior eclipse é onde o eixo da sombra da Lua passa mais perto do centro da Terra. Uma vez que este é um conceito estritamente geométrico, os cientistas usam esse ponto para comparar diferentes eclipses uns com os outros. Por exemplo, cada eclipse passados e futuros na lista de eclipses da NASA é descrito pela data e hora em seu ponto de maior eclipse. O ponto de maior eclipse para o eclipse solar total de 21 de agosto será de 2 minutos, 40,1 segundos de totalidade. As cidades mais próximas deste local são Cerulean e Hopkinsville, no Kentucky, onde cada uma experimentará 2 minutos, 40 segundos de totalidade.

O ponto de maior eclipse para o eclipse solar total de 21 de agosto verá 2 minutos, 40,1 segundos de totalidade. Créditos: mapa do Google Maps; cálculos do eclipse pela NASA.

O ponto de maior eclipse para o eclipse solar total de 21 de agosto verá 2 minutos, 40,1 segundos de totalidade. Créditos: mapa do Google Maps; cálculos do eclipse pela NASA.

Por outro lado, o ponto de maior duração é onde a totalidade dura o maior tempo ao longo do centro do caminho da totalidade. O caminho da totalidade é a estreita faixa onde o eclipse total será visível. Essa faixa, de cerca de 96 quilômetros a 112 quilômetros de largura, começa no meio do oceano pacífico, se estende da costa oeste dos Estados Unidos, do estado da Oregon, até a costa leste, na Carolina do Sul, e termina no meio do oceano atlântico. A maior duração durante o eclipse de 21 de agosto é de 2 minutos, 40,2 segundos perto das cidades de Makanda, no Illinois. Carbondale, também no estado do Illinois, é a cidade grande mais próxima e experimentará 2 minutos, 37 segundos de totalidade.

Normalmente, as durações da maior tempo de totalidade (ponto de maior eclipse) e do ponto onde o eixo da sombra da Lua tem menor comprimento (ponto de maior eclipse) diferem apenas alguns décimos de segundo. A localização geográfica pode variar de 10 a 100 quilômetros (de 6 a 60 milhas).

A maior duração durante o eclipse de 21 de agosto é de 2 minutos, 40,2 segundos. (Créditos: dados do mapa do Google Maps; Cálculos do eclipse pela NASA)

A maior duração durante o eclipse de 21 de agosto é de 2 minutos, 40,2 segundos. (Créditos: dados do mapa do Google Maps; Cálculos do eclipse pela NASA)

Mesmo que a sombra da Lua viajasse na mesma velocidade no espaço, a velocidade da sombra — e a totalidade — varia em diferentes lugares com base na geometria da Terra e da Lua. A Lua molda sua sombra não em uma superfície plana, mas uma esfera — a Terra. Em direção a qualquer extremidade do caminho da totalidade, a Terra se curva para longe da Lua, então a sombra atinge a superfície em um ângulo e se alonga, cobrindo uma distância maior em um determinado período de tempo. Perto do centro do caminho da totalidade, quando a sombra atinge a Terra de frente, a sombra cobre menos terreno na mesma quantidade de tempo, então a totalidade dura mais.

Traduzido de NASA, leia o original clicando aqui.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Avatar
Publicado por

Mestrando em Estudos Ambientais pela UCES, Buenos Aires. Graduado em Engenharia Civil e pós-graduado em Gestão Pública e Controladoria Governamental. Com interesse por ciência, tecnologia, filosofia, desenvolvimento sustentável e diversas outras áreas do conhecimento humano.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...