Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Musk: “Nova balsa drone para a SpaceX está sendo construída”

A balsa drone Of Course I Still Love You da SpaceX baseada na East Coast. (Foto: SpaceX)

Elon Musk: nova balsa drone da SpaceX, A Shortfall of Gravitas, está chegando à Space Coast

Uma balsa drone serve de espaço-porto autônomo (também conhecido pela sigla ASDS, de autonomous spaceport drone ship) e é um navio oceânico derivado de uma barcaça de carga de convés, equipado com motores de manutenção de estações e que serve como uma grande plataforma de pouso em alto-mar.

A construção de tais navios não tripulados foi encomendada pela empresa aeroespacial SpaceX para permitir a recuperação do primeiro estágio de foguetes no mar para missões que requeiram maior capacidade de impulso dos propulsores, ocasiões nas quais eles não carregam combustível suficiente para retornar ao local de lançamento navegando espacialmente em uma trajetória orbital.

Continua depois da publicidade

Agora, um novo navio drone da SpaceX está em construção e provavelmente terá como lar a Space Coast e ajudará a empresa a lidar com um maior número de atividades com o Falcon 9 e o Falcon Heavy, disse o CEO da companhia, Elon Musk, nesta segunda-feira (12). A Space Coast é o lar de centenas de empresas que se associam a empresas maiores para criar componentes de seus veículos de lançamento ou fornecer outros serviços.

A terceira balsa não tripulada da empresa, nomeada A Shortfall of Gravitas (Uma Leve Queda de Gravidade, em tradução livre), se juntará às operações de pouso da Of Course I Still Love You na costa leste, disse Musk via Twitter em resposta ao jornal Florida Today. Essa balsa Of Course I Still Love You está baseada em Port Canaveral e retorna com os propulsores do Falcon 9 para instalações da empresa perto do porto para verificações pós-lançamento.

Musk também confirmou que, para as missões do Falcon Heavy, os dois propulsores laterais do foguete nem sempre retornarão às plataformas de aterrissagem de concreto — as denominadas Landing Zone 1 e Landing Zone 2, localizados no complexo de lançamento 13 — na Base da Força Aérea em Cabo Canaveral, como fizeram durante o lançamento inaugural do Falcon Heavy na semana passada. Em alguns casos, envolvendo margens de combustível reduzidas e satélites mais pesados, ter duas balsas drones com base na Space Coast significará que ambas partirão para o oceano ao mesmo tempo em tandem e serão as anfitriãs para pousos em alto-mar.

Continua depois da publicidade
Drone ship "Of Course I Still Love You" transporta o primeiro estágio de um foguete que pousou pela primeira vez na história nesse tipo de embarcação em 08 de abril de 2016 (Falcon 9 FT, CRS-8 mission, 8 April 2016)

Drone ship “Of Course I Still Love You” transporta o primeiro estágio de um foguete que pousou pela primeira vez na história nesse tipo de embarcação em 08 de abril de 2016 (Falcon 9 FT, CRS-8 mission, 8 April 2016)

A SpaceX opera sua terceira balsa drone (ou drone ship), chamado Just Read the Instructions, na Costa Oeste para lançamentos provenientes da Base da Força Aérea de Vandenberg. Todos os três drones ships têm nome de naves espaciais apresentadas na cultura dos romances do autor escocês Iain M. Banks.

A balsa drone Of Course I Still Love You, entretanto, foi danificada durante a primeira missão do Falcon Heavy, que decolou do Kennedy Space Center em 06 de fevereiro. O núcleo central errou a balsa por cerca de 90 metros, mas a força do impacto do booster na água a aproximadamente 482 km/h foi suficiente para criar ondas que “eliminaram” dois motores da balsa.

“Não havia fluido de ignição suficiente para fazer funcionar os dois motores externos após vários funcionamentos dos três motores”, disse Musk. Ele também disse na segunda-feira sobre a falha do pouso do núcleo central: “O conserto é bastante óbvio”.

Elon Musk no Twitter: "A Shortfall of Gravitas".

Elon Musk no Twitter: “A Shortfall of Gravitas”.

As equipes da SpaceX na Estação na Base Aérea de Cabo Canaveral, enquanto isso, estão preparando o lançamento de um foguete Falcon 9 do Launch Complex 40. Será posto em uma órbita de transferência geoestacionária o Hispasat 30W-6, um satélite de comunicações comercial, com lançamento agendado para 22 de fevereiro.

Texto adaptado do original de Emre Kelly, para o FLORIDA TODAY.

Continua depois da publicidade
Avatar
Publicado por

Mestrando em Estudos Ambientais pela UCES, Buenos Aires. Graduado em Engenharia Civil e pós-graduado em Gestão Pública e Controladoria Governamental. Com interesse por ciência, tecnologia, filosofia, desenvolvimento sustentável e diversas outras áreas do conhecimento humano.

Comentários

Populares hoje

Tecnologia

A Rússia está desenvolvendo uma nova arma destrutiva, um torpedo nuclear furtivo. O objetivo do torpedo é gerar tsunamis radioativos. Apesar de ainda estar sendo construído...

Espaço

Após um documentarista divulgar imagens intrigantes acerca de um possível OVNI, o Pentágono confirmou sua autenticidade. Nas filmagens, o objeto voador estava sobrevoando um...

Plantas & Animais

Diversos vídeos na internet mostram como cães e outros pets podem demonstrar ciúmes em diversas situações. Contudo, ainda há poucos estudos que indiquem realmente...

Espaço

O Programa Ártemis é uma proposta que pode revolucionar a comunidade que, por décadas, foi excluída de missões importantes da NASA. No dia 9...