HomeCategoryArquivos Ciência - Página 2 de 93 - Socientífica

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/papiro-cristão-mais-antigo-encontrado.jpg?resize=1000%2C500&ssl=1

HistóriaCarta cristã mais antiga do mundo encontrada em papiro egípcio do século III

4 dias atrásPapiro P.Bas. 2.43. Crédito: Universidade de Basel

Uma pesquisadora anunciou que ela encontrou a carta cristã mais antiga conhecida, escrita no Egito romano do século III da Era Comum. A carta é mais antiga do que todas as provas documentais cristãs anteriormente conhecidas do Egito romano. O Egito desempenhou um papel muito significativo na história do cristianismo primitivo, já que à época era dominado pelo Império Romano. Descobrir esse documento é uma forma de entrar na vida dos primeiros seguidores de Jesus...

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/cancer-de-mama.jpg?resize=758%2C456&ssl=1

O câncer de mama é a principal causa de morte relacionada ao câncer entre as mulheres. Também é difícil de diagnosticar. Quase 1 em cada 10 cânceres é diagnosticado erroneamente como não canceroso, o que significa que um paciente pode perder tempo crítico de tratamento. Por outro lado, quanto mais mamografias uma mulher tiver, mais provável será que ela veja um resultado falso positivo. Após 10 anos de mamografias anuais, cerca de duas em cada...

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/tumblr_n9e9efQddF1tzjz2jo2_500.gif?resize=500%2C225&ssl=1

Imagine um futuro pós-apocalíptico, imaginou? Imagine também que ao desaparecer, a raça humana não extinguiria também as outras espécies. Com o passar de pelo menos 50 milhões de anos, qual animal ou grupo de animais se tornariam a raça dominante no planeta? Seriam os macacos? Os nematoides? Tardígrados, ou talvez as baratas? Seriam os nossos parentes mais próximos, os macacos? A probabilidade seria bem pequena já que qualquer organismo que compartilhe os resquícios biológicos humanos...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/400-exoplanetas-da-nasa.jpg?resize=1200%2C630&ssl=1

A primeira descoberta de exoplanetas ocorreu somente em torno de 1992. Desde então, uma quantidade enorme de mundos é adicionada ao catálogo, com descobertas excepcionais feitas pelo Telescópio Espacial Kepler. Na última década, o ritmo de descobertas foi bastante alto. E, em junho deste ano, o exoplaneta 4.000 foi finalmente descoberto. Kepler se aposentou permanentemente em 2018, mas seu legado foi retomado por outros observatórios, como o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS), que já encontrou...

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/entrelacamento-ou-emaranhamento-quantico-internet.jpg?resize=800%2C480&ssl=1

Em 1935, os físicos Albert Einstein e Erwin Schrödinger trocaram uma rica correspondência, sobre as implicações da nova teoria da mecânica quântica. Sua real preocupação foi o que Schrödinger mais tarde chamou de entrelaçamento: a incapacidade de descrever dois sistemas quânticos ou partículas independentemente, depois de terem interagido. Até o momento de sua morte, Einstein estava convencido de que o emaranhamento mostrava como a mecânica quântica era incompleta. Para Schrödinger, o entrelaçamento era a característica...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/photo.jpg?resize=395%2C203&ssl=1

BiologiaExame de DNA revela captura de peixes ameaçados de extinção

6 dias atrásRaia-viola (Pseudobatos horkelii) / foto: Bruno Ferrette

Com baixo valor comercial, as raias são frequentemente capturadas em grande quantidade ao ficarem presas, acidentalmente, nas redes de pescadores que buscam outras espécies mais valorizadas. Embora involuntária, um novo estudo indica o impacto da pesca de raias na biodiversidade marinha. Análises genéticas de 228 raias capturadas por pescadores artesanais e por pequenos barcos industriais no Sudeste do Brasil entre 2012 e 2018 mostram que 101 faziam parte de lista de espécies globalmente ameaçadas de...

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/cancer_virus.jpg?resize=800%2C560&ssl=1

Ficar gripado é definitivamente ruim, nisso é preciso concordar, mas um estudo recente sugere que o vírus causador do resfriado comum pode ser mais útil do que se pensava. A ideia de combater câncer com vírus não é lá muito recente. Mas essa é a primeira vez que um vírus de resfriado consegue tratar de forma eficaz uma forma inicial de câncer de bexiga. Um grupo de pesquisadores fez um ensaio clínico com 15 pacientes...