Arquivos Geografia - Sociedade Científica
 

HomeCategoryArquivos Geografia - Sociedade Científica

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2018/01/3-scientistsdi-1280x720.jpg

Uma vasta equipe internacional de pesquisa descobriu o mais antigo fóssil humano moderno já encontrado fora da África. O achado sugere que os humanos modernos deixaram o continente africano 50 mil anos antes do que se pensava anteriormente. “Misliya é uma descoberta fascinante”, diz Rolf Quam, professor de antropologia da Universidade de Binghamton e co-autor do estudo. “Ela fornece a evidência mais clara que nossos antepassados migraram para além da África muito mais cedo do...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/11/170919-Olivine-Full-1200x720.jpg

Mudanças na crosta do planeta abriram o caminho para uma atmosfera de oxigênio e a evolução da vida complexa. O “Grande Evento da Oxidação” — o período de 2,4 bilhões de anos atrás, quando a atmosfera da Terra de repente tornou-se rica em oxigênio, catalisando a evolução da vida aeróbica — foi causada por mudanças geológicas, e não biológicas, descobriu uma nova pesquisa. Se fosse possível entrarmos em uma máquina do tempo e ajustar o...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/06/woman-1031000_1920-1280x720.jpg

O assunto, porém, é controverso. E a ciência parece não ter uma resposta segura para a pergunta “qual o tempo máximo de vida que o ser humano pode chegar?”. A italiana Emma Morano faleceu em abril de 2017 aos 117 anos. Ela foi o ser humano mais velho conhecido. Os recordistas da longevidade como Morano e Jeanne Calment, da França, que viveu até os 122 anos de idade, continuam fascinando os cientistas. E esses recordes nos...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/05/Header_Cosmic_rays_in_Turkey-1-1280x720.jpg

Traduzido da Symmetry Dimension of particle physics O olho humano é um resultado surpreendente da evolução, mas tem suas limitações. O que podemos ver diz apenas um pedaço de toda a história. Muitas vezes, é o que está no interior que conta.Para ver um fêmur quebrado, passamos raios-X através de uma perna e criamos uma imagem em uma película de metal. Os arqueólogos podem usar uma técnica semelhante para procurar cidades antigas enterradas em encostas....