HomeCategoryArquivos Geofísica - Socientífica

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/image-url.jpg?resize=580%2C326&ssl=1

Localizada na lua, a Cratera Pólo Sul-Aitken é a maior do tipo em todo o sistema Solar. E, agora, de acordo com um estudo da Universidade de Baylor, há uma anomalia de massa na sua estrutura interior que pode conter o metal do asteroide que ocasionou a cratera. “Imagine pegar uma pilha de metal cinco vezes maior do que a Ilha do Havaí e enterrá-la no subsolo. É aproximadamente a quantidade de massa inesperada que...

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/04/D40J3soWkAEaTYc.jpg?resize=1200%2C675&ssl=1

Um morador da cidade de Oklahoma, Paul Smith, capturou o fenômeno na noite de quarta-feira, quando as tempestades assolaram o noroeste da cidade. Smith se posicionou a 160 quilômetros a sudeste das tempestades na cidade de Anadarko, uma pequena comunidade a oeste da cidade de Oklahoma, com uma população de quase 7 mil habitantes. Another sprite lightning capture from 4/17/19 over Oklahoma. This was taken from Anadarko. Storm was north of Enid . A surreal...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/Tōhoku-Japan-earthquake-2011-e1421689925774.jpg?resize=968%2C510&ssl=1

GeofísicaNotíciaTerremotos destrutivos vão aumentar em 2018, alertam cientistas

2 anos atrásTerremoto seguido de tsunami. Japão, 2011.

O número de terremotos devastadores pode aumentar acentuadamente em 2018 devido à desaceleração periódica da rotação da Terra, um novo estudo revela. A mudança na velocidade da rotação da Terra é suscetível a desencadear atividades sísmicas intensas no próximo ano, particularmente nas regiões tropicais densamente povoadas, de acordo com o novo estudo, publicado recentemente no jornal acadêmico Geophysical Research Letters, nos Estados Unidos. A Terra experimenta desacelação periódica na velocidade de sua rotação, que pode...

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/West-Houston-on-Aug-30-after-Hurricane-Harvey.png?resize=1280%2C720&ssl=1

GeofísicaMeteorologiaMudanças Climáticas / Aquecimento GlobalHarvey. Irma. Maria. Por que esta temporada de furacões foi tão ruim?

2 anos atrásAs inundações alcançaram casas e complexos de apartamentos em West Houston, em 30 de agosto, depois que as chuvas do furacão Harvey deixaram inundações generalizadas no Texas. (Jabin Botsford / The Washington Post)

A temporada de furacões de 2017 tem sido um ataque total da Mãe Natureza. Estamos sob cerco, e nossos atacantes têm nomes benignos como Harvey, Irma e Maria. Mas são insensíveis, poderosos, indiscriminados, aterradores, destrutivos, implacáveis e inexoráveis. A Terra estaria tentando nos expulsar do planeta? De novo e de novo e de novo, os ventos mais severos e as chuvas mais difíceis têm batido nos territórios mais indefesos que temos. As ilhas do Caribe,...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/05/Header_Cosmic_rays_in_Turkey-1.jpg?resize=1280%2C720&ssl=1

Traduzido da Symmetry Dimension of particle physics O olho humano é um resultado surpreendente da evolução, mas tem suas limitações. O que podemos ver diz apenas um pedaço de toda a história. Muitas vezes, é o que está no interior que conta.Para ver um fêmur quebrado, passamos raios-X através de uma perna e criamos uma imagem em uma película de metal. Os arqueólogos podem usar uma técnica semelhante para procurar cidades antigas enterradas em encostas....

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2016/12/magma-crack_1024.jpg?resize=1024%2C415&ssl=1

De Andy Coghlan para a New Scientist Bem abaixo da superfície do nosso planeta, um fluxo de ferro derretido com temperatura quase tão quente quanto a superfície do Sol está ganhando velocidade. O fluxo líquido foi descoberto pela primeira vez por revelações do campo magnético, que protege a vida do planeta contra a radiação espacial, a partir de leituras do espaço a até cerca de três mil quilômetros abaixo da América do Norte e da Rússia....