História & HumanidadeTúneis secretos feitos pelos Templários descobertos em Israel

Giovane Sampaio2 semanas atrás
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/11/knights-templar.png

Com mais de 800 anos, túneis secretos construídos e usados pelos Cavaleiros Templários para mover o ouro subterrâneo para a sua “torre do tesouro” foram descobertos por arqueólogos, em Israel.

Esses túneis foram encontrados sob a antiga cidade costeira do Acre, junto com os restos da luxuosa fortaleza sede dos Templários.

Agora, um documentário da National Geographic traz à tona essa grande descoberta.

“Durante as Cruzadas, os Cavaleiros Templários lutam por Deus, ouro e glória. Em algum lugar da moderna cidade do Acre está seu centro de comando e, possivelmente, seu tesouro”, disse, no documentário, o arqueólogo e apresentador Dr. Albert Lin.

Os Cavaleiros Templários eram uma grande organização de cristãos devotos durante a era medieval, que cumpriram uma importante missão: proteger os viajantes europeus que visitavam os locais da Terra Santa enquanto realizavam operações militares.

Para descobrir os túneis, Dr. Lin e seu time de arqueólogos usaram a tecnologia LiDAR, que escaneou um local que era uma fortaleza chave para o grupo durante a Terceira Cruzada. A tecnologia usa lasers e detectores para varrer a terra sem perturbar nenhum artefato.

As varreduras revelaram os túneis secretos e uma guarita escondida sob a cidade moderna.

Imagem: representativa

Os Cavaleiros Templários estabeleceram uma próspera rede de bancos e ganharam enorme influência financeira. Seu sistema bancário permitia aos peregrinos religiosos depositar ativos em seus países de origem e sacar fundos na Terra Santa. E era preciso ter cuidado com essa grande quantia de dinheiro, já que estavam vulneráveis a roubos e ataques.

“Os túneis secretos dos Templários passam por baixo das ruas. Eles transportaram secretamente ouro para a glória da coroa da fortaleza do Acre, sua Torre do Tesouro”, Dr. Lin disse.

Os arqueólogos acreditam que ainda irão encontrar muitas novas evidências em Israel, e, inclusive, parte desses tesouros, que ainda podem estar escondidos em algum lugar sob a “terra santa”.

FONTE / The Independent

LEIA TAMBÉM: Cidade de 9.000 anos descoberta próxima à Jerusalém, Israel

Posts relacionados