NaturezaPeixe aterrorizante das profundezas foi capturado em vídeo pela primeira vez: confira vídeo

Damares Alves4 semanas atrás4 minSeadevil (imagem ilustrativa)
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/08/Peixe-abissal.jpg

Nas águas profundas e pouco exploradas do oceano vive um peixe tão misterioso quanto aterrorizante, o dragão do abismo ou Seadevil preto é um lophiiforme, assim como o tamboril.

O dragão abissal possui uma pele marrom-avermelhada ou preta com aspecto desfigurado – que serve como camuflagem – e uma espécie de “vara de pesca articulada” em sua cabeça que termina em um órgão bioluminescente, como a luz é quase inexistente nas grandes profundezas, o peixe utiliza sua pequena “bio-lanterna” para atrair presas até bem perto de sua enorme boca, onde as captura em um golpe rápido.

Esses animais são muito pouco conhecidos pelos cientistas, vivendo entre 1 e 3 km de profundidade e em escuridão quase total, é um peixe muito difícil de se observar.

LEIA TAMBÉM: Tubarão de 400 anos encontrado no Ártico pode ser o mais antigo vertebrado vivo: confira vídeo

De acordo com o Monterey Bay Aquarium Research Institute (Mbari), que capturou as imagens do animal, esta foi a primeira vez que o Seadevil preto foi filmado no mar. Depois da gravação, os biólogos recuperaram o peixe para pesquisas. O estudo permitirá uma melhor compreensão do animal e desta forma contribuirá para a sua conservação no ambiente natural. Esta é uma oportunidade para os cientistas aprenderem mais sobre esta surpreendente criatura das profundezas.

O Seadevil Preto de 9 centímetros de comprimento, ou Melanocetus , foi capturado em vídeo por pesquisadores do Instituto de Pesquisa Monterey Bay Aquarium, na Califórnia.

LEIA TAMBÉM: Cientistas encontraram criaturas vivendo nas águas abaixo da geleira de Permafrost

Bruce Robison, cientista sênior do instituto, acredita que essa é a primeira vez que um peixe dessa espécie foi filmado vivo em uma profundidade de apenas 600 metros. Os pesquisadores estavam explorando o Monterey Canyon, uma parte do Oceano Pacífico que é tão grande quanto o Grand Canyon.

“Estes são predadores de emboscada”, disse Robison sobre o peixe, que tem dentes afiados do lado de fora de sua enorme mandíbula.

FONTE / Futura