NaturezaCientistas encontram ouro ‘crescendo’ em árvores eucaliptos

Élisson Amboni3 semanas atrás4 min
https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/ouro-em-eucalipto.jpg?fit=883%2C450&ssl=1

Há muito tempo se difunde o ditado que “dinheiro não cresce em árvore”, mas, a partir de uma descoberta descrita na Nature, cientistas provam que sim, o dinheiro, ou melhor, o ouro, pode ser encontrado nas folhas de algumas plantas, principalmente a do eucalipto.

Eucaliptos de algumas localizações da Austrália contêm pequenas quantidades do metal precioso que foram absorvidas naturalmente.

Esse processo ocorre devido às suas raízes, que podem mergulhar a mais de 30 metros de profundidade, através de grande parte do sedimento que fica no topo de rochas sólidas que contêm minério.

As partículas de ouro encontradas nessas profundezas acabam sendo levadas pela árvore e ficam depositadas em suas folhas e ramos.

Imagem: Nature Communications

“Como o ouro é suscetível de ser tóxico para a planta, ele é movido para as folhas e ramos onde pode ser liberado ou derramado no chão.”, relataram os cientistas.

Apesar das partículas de ouro estarem ali, elas estão em ínfimas quantidades, e são completamente invisíveis ao olho humano. É por isso que a equipe de cientistas utilizou imagens avançadas de raios X do Australian Synchrotron para localizar e ver o ouro nas folhas.

O método que os cientistas utilizaram para encontrar o ouro nas plantas pode ser eficaz para as futuras explorações de minerais, transformando o processo muito mais rentável e ambientalmente correto.

“Ao coletar e analisar a vegetação em busca de vestígios de minerais, podemos ter uma ideia do que está acontecendo abaixo da superfície sem a necessidade de perfurar. É uma forma mais direcionada de buscar minerais que reduz os custos e o impacto sobre o meio ambiente.”

O artigo científico, publicado na Nature Communications, pode ser lido clicando aqui.