Mundo EstranhoSelfie no Monte Everest destrói a loucura da terra plana?

Redação2 meses atrás6 min
https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/terra-plana.jpg?fit=700%2C525&ssl=1

Em um post no Reddit, intitulado “Checkmate Flat Earth society“, xeque-mate, Sociedade da Terra Plana, em tradução – uma alusão à ingênua sociedade pseudocientífica que defende a hipótese irrisória da Terra plana -, o usuário u/amazed_spirit compartilhou uma foto icônica de uma selfie no topo do Everest, mostrando a “curvatura visível” do planeta.

Elevando-se a quase 9 mil metros, o Monte Everest é a montanha mais alta acima do nível do mar, localizado no Himalaia, na fronteira entre a China e o Nepal.

No ano passado, um terraplanista tentou se lançar ao espaço para provar que a Terra era plana. Ele se lançou a si próprio a uma altura de cerca de 500 metros utilizando um foguete caseiro. O pouso no deserto de Mojave não foi tão suave, deixando-o ligeiramente machucado. Essa tentativa marcou o que os organizadores anunciaram ter sido “o início dos grandes esforços para ‘provar’ que a Terra é plana”.

LEIA TAMBÉM: Você não precisa construir um foguete para provar que a Terra não é plana – aqui vai uma ciência simples

A imagem

Muitos comentários no Reddit, incluindo em fóruns terraplanistas, refutam a imagem com a proposição de que a fotografia foi tirada com uma Go Pro que utiliza lentes de olho-de-peixe, fazendo uma curvatura proporcional do fundo.

Exemplo de selfie com uma Go Pro em um lugar plano.

Podemos até dizer que não é muito frequente que terraplanistas possuam argumentos sensatos, mas esse é suficiente, infelizmente, para provar que a foto em questão não mostra de fato uma curvatura real vista do topo do Everest. Portanto, a imagem não mostra a cobertura real da Terra.

Para se ter noção, mesmo um observador da Estação Espacial não conseguiria ver uma curvatura com tamanhas proporções iguais aquelas vistas na selfie do alpinista.

Créditos: NASA

Se analisado os comentários no Reddit mais afundo, é possível perceber que foi uma tentativa mais de tirar onda com o terraplanismo que um “refutamento” da terra plana porque… não há nada exatamente para refutar.

Mas o que mais chama a atenção a quem já aceitou a teoria concreta de que a Terra não é plana, exposta há mais de 2.000 anos por Eratóstenes, é a quantidade de lixo humano, ou, para amenizar, a “marca” de quem já pisou por lá – bandeiras – já acumulado no topo do monte.

O comentário mais curtido na publicação em questão faz alusão a isso. “Por que o topo do Everest parece um depósito de lixo?”, perguntou um usuário.

LEIA TAMBÉM: Terraplanista se lança em foguete para tentar “provar” sua crença

Posts relacionados