FísicaÍmã supercondutor quebra recorde mundial de força

O imã gera um campo magnético de 45,5-tesla sem precedentes.
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/Imã.jpg

Os cientistas criaram o ímã supercondutor mais poderoso do mundo, capaz de gerar uma intensidade de campo magnético recorde de 45,5 tesla.

Somente ímãs pulsados, que sustentam campos por uma fração de segundo de cada vez, atingiram intensidades mais altas.

O cientista de materiais David Larbalestier e seus colaboradores do Laboratório Nacional de Campo Magnético (NHMFL), em Tallahassee, Flórida, usaram intensas correntes elétricas através de bobinas feitas de um supercondutor cuprate para gerar campos magnéticos com baixo consumo de energia.

A força de campo resultante excedeu a dos ímãs resistentes que consomem muita energia – que não usam supercondutores – usados ​​pelos laboratórios magnéticos de última geração.

LEIA TAMBÉM: A definição de quilograma mudou para sempre. E agora é baseada em física quântica.

Ele também ultrapassou os ímãs supercondutores convencionais e os ímãs supercondutores-resistivos “híbridos”.

Fonte: Mark Bird, Laboratório Nacional de Campos Magnéticos.

Ímãs baseados em cuprado anteriores têm sido frágeis demais para uso em aplicações tecnológicas, mas o novo design deve ser capaz de sustentar campos de até 60 tesla, diz Larbalestier.

Milhares de pesquisadores levam suas amostras para instalações de ímãs, como o NHMFL, todos os anos, para realizar experimentos com campos de maior intensidade do que pode ser alcançado em um laboratório típico.

LEIA TAMBÉM: Físicos finalmente acharam uma maneira de salvar o gato de Schrödinger.