BiologiaPesquisadores descobriram fungos comerciantes

Isso mesmo, alguns tipos de fungos costumam negociar fósforo em troca de carbono das plantas.
Damares Alves2 semanas atrás
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/Fungos-comérciantes.jpg

Alguns fungos fibrosos são grandes negociadores e costumam trocar nutrientes com as plantas regularmente.

Recentemente cientistas fizeram um rastreamento de  fósforo nutricional, que revelou que algumas espécies de fungos que crescem no que é chamado de conexões micorrízicas arbusculares subterrâneas, extraem fósforo do solo e trocam por carbono com uma grande variedade de plantas.

Marcando o fósforo com nanopartículas chamadas de pontos quânticos que brilham com coloração vermelha ou azul sob luz ultravioleta pesquisadores observaram que os fungos eram capazes de acumular nutrientes e transportar através de uma rede elaborada de filamentos, eles também observaram que as redes de fungos levavam o fósforo para regiões onde este nutriente é mais escasso, o que o torna muito mais valioso para o comércio.

No estudo, os pesquisadores permitiram que o fungo Rhizophagus irregularis se misturasse com cultivos de cenoura em uma parte do laboratório, o fungo então gerou novos filamentos em outros compartimentos longe das raízes de cenoura, absorveram e estocaram nutrientes, como se estivessem em um período de excesso de oferta.

O material celular corre através dos filamentos de fungos, e muda abruptamente de direção, nesta visão microscópica colorida de um fungo micorrízico arbuscular. Esse fluxo e refluxo rápido é uma das razões pelas quais os pesquisadores acreditam que os fungos administram a distribuição de nutrientes como o fósforo, em vez de apenas deixá-los se difundirem em áreas de menor concentração, quando trocam nutrientes por carbono com as plantas.

Se os pesquisadores conseguirem desenvolver formas identificar o carbono, eles poderiam responder a muitas questões pendentes, como quando as plantas entregam seus pagamentos de carbono aos fungos e como os “preços”  poderiam mudar.