NotíciaPela primeira vez, um foguete construído na Universidade chega ao espaço

Este é um feito surpreendente.
Redação1 mês atrásCréditos: USC ROCKET PROPULSION LAB
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/05/foguete-universitario-chega-ao-espaço-1280x960.jpg

Uma equipe de estudantes do Laboratório de Propulsão de Foguetes da Universidade do Sul da Califórnia, Estados Unidos, lançou com sucesso um foguete de quase 4 metros chamado Traveler IV para além da linha de Kármán — a altitude de 100 km que é amplamente considerada como a fronteira entre a atmosfera da Terra e o espaço exterior.

É a primeira vez que qualquer veículo construído e desenvolvido por estudantes alcançou esse feito. Alunos de todo o mundo têm corrido para alcançar o mesmo feito (incluindo o Brasil, com projetos como o da UFABC), como relata o Wired, mas a equipe da USC chegou lá primeiro.

Depois de atingir uma velocidade máxima de Mach 5,1 e cair de volta para a Terra — desacelerado por um conjunto de paraquedas — o foguete ainda estava em boas condições, de acordo com registros oficiais da missão.

O foguete em si era alimentado por combustível de foguete sólido e apresentava apenas um estágio — em vez dos vários estágios que dividem e acionam os propulsores com espaço otimizado no meio do voo para alcançar a órbita.

O lançamento da equipe da USC não aconteceu sem problemas. Eles notaram “imperfeições na trajetória do voo” logo após o lançamento, provavelmente devido a danos no interior do bocal.

Para o próximo lançamento, a equipe já está de olho em projetos de foguetes de combustível líquido para maior carga útil e mais potência. [Futurism]

Você pode ler uma matéria mais detalhada no Wired (em inglês).