BiologiaZoologiaNova espécie de pássaro é descoberta na Malásia

Uma equipe internacional de ornitólogos liderada por pesquisadores da Universidade do Estado de Louisiana descobriu uma espécie nova e crítica de bulbul na parte malaia da ilha de Bornéu.
Redação3 meses atrásO bulbul de olhos de creme (pseudosimplex de Pycnonotus) no parque nacional dos montes de Lambir, divisão de Miri, Sarawak, Malaysia. Crédito da imagem: John C. Mittermeier / Shakya e outros, doi: 10.25226 / bboc.v139i1.2019.a3.
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/03/Untitled-design-1-1024x535.png

Um pássaro castanho-oliva chamado bulbul (Pycnonotus simplex), de olhos de cor creme, tem seu habitat a partir do sul da Indochina, ao longo das Ilhas Sunda, exceto Palawan, no sudoeste das Filipinas.

Na maior parte de sua ocorrência, esta espécie tem olhos brancos. Na ilha de Bornéu, no entanto, a maioria dos indivíduos tem olhos vermelhos, embora também existam alguns com olhos brancos. A ilha Bornéu é uma grande ilha localizada na Ásia e é dividida em três partes. A maior parte (a parte meridional) pertence à Indonésia. A segunda maior (a parte setentrional) pertence à Malásia e a menor parte (encravada na parte da Malásia) pertence ao Brunei. Foi na porção da ilha administrada pela Malásia, no estado de Sabá, que o novo pássaro foi encontrado.

Por mais de um século, os ornitólogos pensaram que a diferença de cor dos olhos do bulbul de Bornéu era uma questão trivial de variação individual.

Através do persistente trabalho de detetive e avanços na tecnologia de sequenciamento genético, o pesquisador da Universidade Estadual da Louisiana Subir Shakya e coautores descobriram que os indivíduos de olhos brancos, na verdade, representam uma espécie completamente nova: o bulbul de olhos de creme (Pycnonotus pseudosimplex).

“Uma das razões pelas quais sabíamos que tínhamos uma nova espécie em oposição a apenas uma variante de outra espécie era porque as duas populações, as de olhos vermelhos e de olhos brancos, realmente ocorrem juntas em Bornéu”, disse Shakya.

O bulbo de olhos de creme (Pycnonotus pseudosimplex). Crédito da imagem: Universidade de Luisiana.

Os cientistas sequenciaram o DNA de vários espécimes de aves de Sumatra e os compararam com espécimes de outros membros da região para determinar o grau de parentesco genético de várias aves de diferentes ilhas e do continente asiático.

Vários bulbuls de Bornéu e da região circundante estavam entre os espécimes que eles compararam. No entanto, os bulbul de olhos brancos de Bornéu pareciam geneticamente distintos de todos os bulbuls que eles examinaram, de olhos brancos e olhos vermelhos.

Outros trabalhos para entender essa discrepância levaram à conclusão de que as aves de olhos brancos de Bornéu eram de fato uma nova espécie.

“Havíamos encontrado indivíduos de olhos brancos do bulbul na antiga floresta de colina no Crocker Range National Park em 2008 e no Lambir Hills National Park em 2013; também os encontramos no Parque Nacional de Batang Ai em 2018. Todas essas áreas estão na Malásia”, disse o membro da equipe Dr. Fred Sheldon. [Sci-News]