dezembro 2017 - Sociedade Científica
 

Home2017dezembro 2017 - Sociedade Científica

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/agar-art-3-799x720.jpg

Lindas bactérias. Artistas pintam com micróbios coloridos em paletas de ágar para o Concurso de Arte em Ágar da American Society for Microbiology. Não importa o quão seja seu confidente, o seu mofo de cortina de chuveiro não poderia ter competido com o fungo competidor no concurso Agar Art deste ano. Este é o terceiro ano que a Sociedade Americana de Microbiologia realizou o concurso, pedindo “obras que estão no centro de um organismo que...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/penis.jpg

Os cientistas estudaram os genitais de um besouro em busca de lições sobre a resistência dos cateteres. O cateter e o pênis do besouro têm um problema comum: encontrar um caminho em espaços complicados sem quebrar ou colapsar. Agora, graças ao besouro-tartaruga Cassida rubiginosa, os cientistas podem ter uma solução para os dispositivos médicos. O órgão reprodutor do macho da espécie é longo e fino, mas graças à sua ponta macia e à sua base...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/graffiti-1015952_1920-1280x720.jpg

CulturaEstoicismoEra Spock um estoico?

29 de dezembro de 201734 min

Em 8 de setembro de 1966 estreava na televisão norte-americana a série Jornada nas Estrelas, idealizada pelo roteirista Gene Roddenberry. Ambientada em meados do século XXIII, trazia em cada episódio as aventuras da tripulação da espaçonave USS Enterprise, parte da frota da Federação dos Planetas Unidos. Apesar do pano de fundo pluriplanetário, todos os subordinados do capitão James T. Kirk (William Shatner) eram humanos, à exceção de um único personagem. Era este uma figura de...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/Cell_Blue-feature-art.jpg

Os cientistas criaram um organismo sintético que possui apenas os genes necessários para sobreviver. Mas não se sabe o que cerca de um terço desses genes faz. Retire as partes de uma casa — os revestimentos, as paredes, o gesso, o telhado, a madeira, a ardósia, as instalações, os pisos, — e com você fica? Com uma moldura, a estrutura, a forma esquelética que compõe o núcleo de qualquer arquitetura. Podemos fazer o mesmo com...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/extra_large-1513957669-cover-image.jpg

Um asteroide que tem uma semelhança impressionante com um crânio humano vai passar na vizinhança da Terra no próximo ano. O mesmo visitante já passou por aqui no “dia das bruxas” de 2015. Chamado de 2015 TB145, o asteroide tem cerca de 625 a 700 metros de diâmetro e dá uma volta completa em torno do seu eixo imaginário uma vez a cada três horas aproximadamente. Ele passou pela vizinhança de nosso planeta em 31...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/bahamas-truck-1280x720.jpg

4Ocean vende pulseiras feitas de garrafas de vidro e plástico reciclado para financiar sua operação de limpeza oceânica. A 4Ocean colocou um efeito artístico numa solução direta para a poluição plástica nos oceanos. Sua solução é simples: limpar as praias e as águas costeiras. A inovação é como financiam seu trabalho, vendendo pulseiras feitas de garrafas pet e vidro reciclados. A 4Ocean almeja remover 45Kg de plástico e outros detritos do oceano por cada pulseira...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/Space-Science-Stories-of-2017-1280x720.jpg

Aqui estão as dez principais histórias científicas favoritas do Space.com de 2017. Foi um grande ano para a ciência espacial, o que significa que foi um trabalho difícil escolher nossos favoritos. O ano 2017 pode entrar na história como o ano em que uma nova era na astronomia, “astronomia multimensageiro” realmente saiu do papel, graças a uma incrível descoberta. Os últimos 12 meses também foram cheios de incríveis descobertas sobre planetas alienígenas orbitando estrelas distantes,...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/p00z9591-1280x640.jpg

O físico Roger Rassool analisa como começamos a tentar medir a velocidade da luz e por que ela é finita.   De Roger Rassool* para a Cosmos Magazine Todos nós conhecemos a regra número um do tráfego do universo – nada pode viajar mais rápido que a velocidade da luz. E ela é de 299.792.458 m/s. Mas por que é assim? Antes do ano 1600, a maioria das pessoas presumia que luz se movia instantaneamente....

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/12/2017-1280x720.jpg

Líderes científicos escolhem a dúzia de descobertas e avanços mais importantes de 2017 — do declínio acentuado de insetos voadores até vírus que pode matar bactérias. O jornal The Guardian consultou especialistas sobre as principais conquistas da ciência neste ano em diversas áreas. Este foi um ano bastante profícuo em ciência e tecnologia. Os vírus salvam um homem de bactérias resistentes a antibióticos Liz Sockett, professora de genética bacteriana na Universidade de Nottingham, relatou ao...