Home2017julho 2017 - Socientífica

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/4000-1-1280x720.jpg

Energia RenovávelEngenhariaTecnologiaO primeiro parque eólico flutuante do mundo começa a tomar forma ao largo da costa da Escócia

2 anos atrásDuas das turbinas flutuantes são preparadas na costa da Noruega para a viagem à Escócia.

As turbinas eólicas para o projeto Hywind de 200 milhões de libras são rebocadas da Noruega através do Mar do Norte e amarradas ao fundo do mar no nordeste da Escócia. De Adam Vaughan para o THE GUARDIAN O primeiro parque eólico flutuante do mundo tomou os mares em um sinal de que uma tecnologia, até então confinada a fóruns de pesquisa e desenvolvimento, está finalmente pronta para destravar as extensões do oceano para gerar energia renovável....

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/image_5062e-MRSA-1280x720.jpg

BiologiaStaphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) emergiu muito antes da introdução da meticilina nas práticas clínicas

2 anos atrásEssa imagem da microscopia eletrônica de varredura digitalmente colorida representa uma série de bactérias Staphylococcus aureus coloridas em cor mostarda, que estavam fugindo do ataque de glóbulos brancos humanos (em azul). Créditos: National Institute of Allergy and Infectious Diseases.

De acordo com um novo estudo publicado na revista Genome Biology, o uso de meticilina não foi o principal fator na evolução da bactéria Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) como se pensava até então. Em vez disso, foi o uso generalizado de antibióticos, como a penicilina, nos anos anteriores à introdução da meticilina o responsável por tal resistência. “Nosso estudo fornece evidências importantes para futuros esforços do combate a resistência aos antibióticos”, disse o...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/image_2190_1e-Majorana-Fermion-1280x720.jpg

Toda partícula fundamental no universo possui uma antipartícula, que tem a mesma massa, mas a carga oposta. Se uma partícula encontrar sua antipartícula, as duas se aniquilariam em um flash de energia. Mas há muito tempo foi teorizado que há uma exceção à regra, com certas partículas que são realmente as suas próprias antipartículas. Agora, cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade da Califórnia (UC) encontraram a primeira evidência forte para esse tipo de...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/01-arctic-melt-colder-winters.adapt_.590.1.jpg

Quando um senador republicano jogou uma bola de neve no chão do Senado no final de fevereiro de 2015, ele estava-a usado para enfatizar sua crença de que a mudança climática causada pelo ser humano era uma conclusão alarmista. A bola de neve tinha sido feita ali mesmo, no recinto Capitólio, em Washington DC, que, na época, estava passando por um inverno atipicamente frio. Se o aquecimento global é real, ele postulou, como poderia a capital da...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/science-1200x720.jpg

PaleontologiaPássaro capturado em âmbar há 100 milhões de anos é o melhor registro já encontrado

2 anos atrásCréditos: Lida Xing, Jingmai K. O'Connor, Ryan C. McKellar, Luis M. Chiappe, Kuowei Tseng, Gang Li, Ming Bai

Os insetos não foram as únicas criaturas que ficaram presas em âmbar durante o cretáceo. Pedaços de pássaros e dinossauros antigos também foram encontrados – e agora, um pássaro mais completo ainda foi descoberto. Um pedaço de âmbar de mais de 100 milhões de anos encontrado em Birmânia, na Ásia, contém a cabeça, pescoço, asa, cauda e pés de um filhote de pássaro. Tinha apenas alguns dias nascido quando caiu em uma bacia de seiva...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/ufo-2289563_1920-1280x720.jpg

Anos, séculos ou eras? Mil anos. Esse é o período mínimo de tempo que levaria para chegar à estrela mais próxima — Proxima Centauri, também chamada de Próxima do Centauro, Alpha Centauri C ou simplesmente Próxima — usando os métodos atuais. Mas desde que descobrimos que esta estrela abriga um planeta potencialmente habitável, confirmado pelo European Southern Observatory (ESO) ano passado, os cientistas ficaram mais entusiasmados do que nunca com a ideia de uma viagem interestelar. “É tentador”, disse Guillem Anglada-Escude, que liderou a equipe de pesquisa que...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/eyes-1260x720.jpg

Em teoria, é possível corrigir o problema por meio da modificação genética de estrutura da retina. Mas ainda não foram feitos os testes necessários para que esse procedimento seja considerado seguro e aplicado na correção do daltonismo. Os cones, células fotorreceptoras da nossa retina, têm três tipos de proteínas, chamadas opsinas, responsáveis pela percepção decores. Essas proteínas têm picos de absorção para diferentes cores no espectro de luz: mais próximo do comprimento de onda do...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/21Milner-master768.jpg

BiografiaFigurasGuglielmo Marconi, o homem que conectou o mundo

2 anos atrásGuglielmo Marconi trabalhando em seu laboratório, por volta de 1903. Crédito: Wikicommons

Guglielmo Marconi: o homem que colocou o mundo em rede. Greg Milner para o The New York Times Embora vivamos em um mundo em grande parte sem fio, o símbolo mais potente da nossa era da informação são as prosaicas instalações de tecnologia no Vale do Silício, brilhantemente representadas no seriado “Silicon Valley” da HBO como uma visão do futuro que se estende distante. Mas houve um momento em que o conceito “sem fio” — mensagens que atravessavam...

https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2017/07/climateq-master1050.gif

De Justin Gillis para o The New York Times O assunto pode ser desnorteante. A ciência é complicada. E as previsões sobre o destino do planeta carregam ressalvas sem fim e alguns asteriscos. Nós entendemos. Então, juntamos uma lista de respostas rápidas às perguntas mais frequentes sobre mudanças climáticas. Isso pode dar-lhe um ótimo começo na compreensão do problema. [standout-css3-button href=”http://apoia.se/socientifica”]Considere fazer uma doação à Sociedade Científica[/standout-css3-button] 1. Quanto o planeta está aquecendo? Dois graus. E essa é...