Sonda Juno Completa com Sucesso Primeiro Sobrevoo
 

AstronomiaCiênciaSonda Juno Completa com Sucesso Primeiro Sobrevoo

Diógenes Henrique29 de agosto de 20164 min

A missão Juno da NASA realizou com sucesso seu primeiro dos 36 sobrevoos sobre o planeta Júpiter neste sábado (27). O momento da maior aproximação com o gigante gasoso aconteceu às 10h44, horário de Brasília, quando a Juno passou a 4.200 km acima das nuvens do planeta. Naquele momento a Juno estava viajando a 208 mil km/h com relação ao planeta. Esse sobrevoo foi o mais próximo que será realizado pela Juno durante a fase primária da missão.

Imagem: vista de Júpiter enquanto a sonda Juno da NASA se aproxima do nosso vizinho gigante. Esse ponto de vista do planeta gigante foi feita em 27 de agosto quando a Juno estava 703.000 quilômetros de distância.

“A telemetria recebida logo depois do sobrevoo indica que tudo correu como planejado e que a Juno está no ponto em todos os equipamentos”, disse Rick Nybakken, gerente de projeto da Juno, no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA em Pasadena, Califórnia.

Haverá mais outros 35 sobrevoos em Júpiter durante toda a missão, que está programada para continuar até fevereiro de 2018. Esse rasante realizado neste sábado foi o primeiro com todo o conjunto de equipamentos científicos da sonda ligados e realizando medições enquanto passava pelo planeta.

“Nós estamos com dados intrigantes retornando da sonda como falamos”, disse Scott Bolton, o principal pesquisador da Juno do Southwest Research Institute em San Antonio. “Ainda levará alguns dias para todos os dados científicos serem recebidos da sonda e um pouco mais para que possamos começar a entender o que a Juno está tentando nos dizer”.

“Nós estamos numa órbita onde ninguém esteve antes e essas imagens nos darão uma perspectiva totalmente nova sobre o mundo do gigante gasoso”, disse Bolton.

A sonda Juno foi lançada em 5 de agosto de 2011 de Cabo Canaveral, na Flórida, e chegou em Júpiter em 4 de julho de 2016. O JPL gerencia a missão Juno para o principal pesquisador, Scott Bolton, do Southwest Research Institute em San Antonio. A Juno é parte do New Frontiers Program que é gerenciado pelo Marshall Space Flight Center da NASA, em Huntsville, no Alabama, para o Science Mission Directorate da NASA. A Lockheed Martin Space Systems, em Denver, no Colorado, construiu a sonda. O Caltech em Pasadena, na Califórnia, gerencia o JPL para a NASA.

Fonte: NASA