O livro Sapiens será adaptado para o cinema pelos prestigiados Ridley Scott e Asif Kapadia

36041

A adaptação irá explorar como o homem se tornou a espécie dominante do planeta.

Ridley Scott (Blade Runner e Alien) e o documentarista vencedor do prêmio Oscar Asif Kapadia (Amy e Senna) estão se unindo para adaptar o best-seller internacional Sapiens: Uma Breve História da Humanidade, do professor israelense Yuval Noah Harari.

Imediatamente lembrando séries de eventos como o Cosmos de Carl Sagan (também um livro) e o Planeta Terra da BBC, Sapiens tem um alcance expansivo: mapear toda a jornada de seres humanos de criaturas pré-históricas até o presente. Harari tenta explicar como o Homo Sapiens, apenas um dos muitos ramos da árvore genealógica do primitivo sapiens, passou a dominar o planeta. “Ninguém, muito menos o próprio homem”, escreve ele, “tinha qualquer indício de que seus descendentes um dia caminhariam na lua, dividiriam o átomo, entenderiam o código genético e escreveriam livros de história”.

Scott produzirá e Kapadia dirigirá a adaptação. Dado o escopo do material, o formato exato para a adaptação está sendo mantido aberto por agora, mas uma experiência de evento multiplataforma é imaginada para o material.

Kapadia disse em um comunicado: “É um livro que muda a forma como você vê o mundo e nossa adaptação deve fazer o mesmo, para servir como um alerta para quem somos, de onde viemos e para onde estamos indo.” Scott acrescentou: “Durante anos, Asif e eu temos procurado um projeto para colaborar”, e Sapiens “tem todos os elementos para ser massivamente divertido, bem como historicamente importante.” (Na verdade, Scott se aproximou de Kapadia depois de ver o seu filme de estreia, The Warrior, em 2001.)

Harari, professor de história na Universidade Hebraica de Jerusalém, deu uma ideia do projeto na declaração: “Esperamos misturar ciência, ficção, história, drama e gênio para dar vida à incrível jornada de nossa espécie, que começou como um animal insignificante e está agora à beira de se tornar um deus. ”Sapiens vendeu 8 milhões de cópias em todo o mundo desde sua publicação em 2011 e conta com Barack Obama, Bill Gates e Mark Zuckerberg entre seus leitores.

Sapiens oferece clareza ao explorar questões profundas sobre o nosso lugar na história e no futuro do mundo, disse Itzik Yahav, diretor-gerente do escritório internacional do professor e que representa Harari e suas obras, no comunicado. “Estamos extremamente entusiasmados por nos associarmos a importantes cineastas para trazer essas ideias para novos públicos por meio do filme”.

Scott e Kapadia garantiram os direitos, representados pela WME, em 2017. O desenvolvimento do projeto está sendo apoiado pela Wellcome. O projeto será uma co-produção entre Scott Free Productions e On the Corner Films e produção executiva para Scott Free por Jack Arbuthnott e David Zucker e para On the Corner de Kapadia e James Gay-Rees.

A WME representa Scott e Kapadia e representou os direitos do livro sobre este projeto.

Fonte: The Hollywood Reporter (reportagem original e exclusiva)

Publicação arquivada em