Foi descoberto o maior sacrifício em massa de crianças no Peru

Por Science Arqueólogos no Peru descobriram o que pode ter sido o maior sacrifício de crianças em massa do mundo,  reportou a National Geographic em uma reportagem exclusiva. Os moradores de Huanchaco notaram pela primeira vez os ossos humanos...

2371 0

Por Science

Arqueólogos no Peru descobriram o que pode ter sido o maior sacrifício de crianças em massa do mundo,  reportou a National Geographic em uma reportagem exclusiva.

Os moradores de Huanchaco notaram pela primeira vez os ossos humanos em 2011, nas dunas costeiras próximas à capital do antigo império Chimú. Nos 5 anos seguintes, arqueólogos apoiados por bolsas da National Geographic Society descobriram os restos mortais de mais de 140 crianças de 5 a 14 anos, bem como 200 jovens lhamas, datadas de cerca de 1450 da Era Comum.

As lhamas e as crianças tinham cortes no esterno e costelas deslocadas – sugerindo que seus corações podem ter sido removidos. Os cientistas dizem que as crianças provavelmente foram vítimas de um assassinato ritualístico em resposta ao clima extremo que devastou a infraestrutura agrícola de Chimú. 

Publicação arquivada em