Astrônomos descobriram o buraco negro que cresce mais rápido no universo

Astrônomos descobriram o buraco negro que cresce mais rápido no universo conhecido, um monstro que devora uma massa equivalente ao nosso Sol a cada dois dias. Esta imagem simulada por computador mostra um buraco negro...

5339 0

Astrônomos descobriram o buraco negro que cresce mais rápido no universo conhecido, um monstro que devora uma massa equivalente ao nosso Sol a cada dois dias.

Esta imagem simulada por computador mostra um buraco negro supermassivo no centro de uma galáxia. A região preta no centro representa o horizonte de eventos do buraco negro, onde nenhuma luz pode escapar do aperto gravitacional do objeto maciço.

A poderosa gravidade do buraco negro distorce o espaço em torno dele. A luz das estrelas ao fundo fundo é esticada e manchada enquanto as estrelas roçam pelo buraco negro.

Astrônomos descobriram o buraco negro supermassivo, com a massa de 17 bilhões de sóis, em um lugar improvável: no centro de uma galáxia em uma área pouco povoada do universo.

As observações feitas pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA e pelo Telescópio Gemini, no Havaí, podem indicar que esses objetos monstruosos devem ser mais comuns do que se pensava.

Até agora, os maiores buracos negros supermassivos – aqueles com cerca de 10 bilhões de vezes a massa do nosso Sol – foram encontrados nos núcleos de grandes galáxias em regiões do universo repletas de outras grandes galáxias. 

De fato, o recordista atual derruba a escala em 21 bilhões de sóis e reside no congestionado aglomerado de galáxias de Coma, que consiste em mais de 1.000 galáxias.

Fonte: NASA

Publicação arquivada em