Saliva de mosquito pode quebrar coágulos sanguíneos em ratos

631

Substância extraída de saliva de mosquito pode vir a ser usada na diluição do sangue e na descoagulação.

De Vanessa Zainzinger1

Seu sangue está espesso? Um dia um pouco de saliva de mosquito pode ser exatamente o que o médico irá prescrever. Isso porque os cientistas descobriram em laboratório uma nova maneira de revigorar os fatores anticoagulantes contidos na saliva de mosquito. O anticoagulante modificado até agora só foi testado em camundongos; se vier a funcionar em humanos, pode ajudar a prevenir — e até tratar — os coágulos sanguíneos que podem levar a hemorragia ou trombose.

Quando um mosquito pica, ele injeta uma potente mistura de proteínas chamadas anofelina em seu hospedeiro, permitindo que o sangue flua mais livremente. Essas anofelinas têm sido um alvo de pesquisadores tentando criar novas classes de diluidores do sangue para uso humano. Mas uma vez extraída e testada em laboratório, a anofelina fazer um pobre trabalho de diluição do sangue e de descoagulação.

Para revitalizar a saliva do mosquito, os cientistas adicionaram sulfato à mistura. O sulfato, que reage com os aminoácidos nas anofelinas, fortaleceu as forças eletrostáticas entre as proteínas, tornando-as mais capazes de se ligar à enzima no plasma sanguíneo que causa a coagulação. Pesquisadores injetaram em três camundongos anestesiados as moléculas modificadas ou originais e mediram o quanto sangraram de uma ferida na cauda. Os ratos tratados com as proteínas modificadas tinham sangue muito mais fino — suas anofelinas foram cem vezes mais eficazes2 na ligação à enzima que a proteína não modificada, relataram os cientistas no mês passado na ACS Central Science.

A equipe também descobriu que as anofelinas sulfatadas são mais eficazes que a hirudina, uma molécula derivada dos sucos salivares de sanguessugas, que é usada ocasionalmente em ambientes clínicos3. Dado o desempenho das anofelinas modificadas — e o fato de que elas também estimulam uma resposta imune natural —, os pesquisadores estão planejando desenvolver diluentes de sangue à base de mosquito que poderiam eventualmente ser usados para prevenir e tratar a formação de coágulos sanguíneos em humanos.

Fonte: Science

Referências:

  1. ZAINZINGER V. Mosquito spit can bust blood clots in mice. Science on line. DOI:10.1126/science.aat8451 Disponível em http://www.sciencemag.org/news/2018/04/mosquito-spit-can-bust-blood-clots-mice
  2. WATSON E E et al. Mosquito-Derived Anophelin Sulfoproteins Are Potent Antithrombotics. ACS Central Science, DOI: 10.1021/acscentsci.7b00612. Disponível em https://pubs.acs.org/doi/10.1021/acscentsci.7b00612;
  3. Thumbs Up for Leech Therapy. Science, 2006. Disponível em http://www.sciencemag.org/news/2006/05/thumbs-leech-therapy.
Publicação arquivada em