Inédito: assista a este vídeo de tirar o fôlego da superfície de um cometa distante

9943

Foi um feito histórico: uma missão espacial entrou na órbita de um cometa distante pela primeira vez.

Rosetta, da Agência Espacial Européia, se encontrou com o Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko nos confins do Sistema Solar.

Depois de dez anos viajando pelo espaço profundo, alimentado principalmente por células solares, Rosetta aproximou-se do cometa não muito longe (relativamente falando) da órbita de Júpiter e começou a circundá-lo.

Em novembro de 2014, Rosetta lançou um minúsculo módulo no misterioso cometa para ter uma visão mais próxima – foi a primeira vez que despachamos uma sonda robótica na superfície rochosa de um cometa.

E a vista foi de tirar o fôlego. O lander enviou para a Terra uma série de imagens diretamente da superfície do 67P. Alguns anos depois, o usuário do Twitter, Iandru79, criou esse clipe animado de uma série de longas exposições, em 2016.

Se você quiser acompanhar a Rosetta e descobrir onde ela está agora (além disso, você ouvirá músicas assustadoras enquanto a acompanha), clique aqui.

 

Fonte: Futurism

Publicação arquivada em