Primeiras imagens do pouso fracassado do núcleo central do Falcon Heavy são divulgadas

O maior e mais potente foguete em atividade, Falcon Heavy, produziu um feito inigualável. Uma empresa civil foi a responsável por esse feito, que não foi realizado nem por estados poderosos em plena guerra fria. O...

17148 0

O maior e mais potente foguete em atividade, Falcon Heavy, produziu um feito inigualável. Uma empresa civil foi a responsável por esse feito, que não foi realizado nem por estados poderosos em plena guerra fria.

O lançamento do Falcon Heavy foi um sucessso. Ele quase conseguiu completar toda a sua missão, que era lançar um manequim e seu possante para as estrelas — bom, pelo menos a nossa estrela — e voltar intacto para a Terra.

Seus dois boosters laterais fizeram pouso em sincronia, seu booster central, porém, deu a impressão de ter sido abduzido por alienígenas, devido ao silêncio que a SpaceX fez quando o que mais queríamos ter ouvido era que ele teria conseguido completar a parte mais emocionante da sua missão, além de ir para o espaço e lançar um carro esportivo: pousar no atlântico. Depois de algum tempo, para a ambivalência do destino, a SpaceX deixou de ficar em silêncio e disse logo: o booster central não conseguiu pousar.

Ora, mas e daí que o booster central não conseguiu pousar? Devemos agradecer à capacidade humana dos engenheiros e outros responsáveis que aplicaram a técnica científica lindamente nesse grande feito. O foguete não explodiu logo no centro de lançamento porque a capacidade humana está se improvisando. A cada erro, melhoramos. É lei natural.

Apesar de ter encerrado seu silêncio, a SpaceX não divulgou imagens do seu erro técnico até o Elon Musk participar de uma conferência da série Westworld, da HBO.

Na imagem, podemos ver que o núcleo central oscila e colide próximo à balsa em alta velocidade.

Se quiser ver parte da conferência em que Elon Musk fala sobre, assista ao vídeo abaixo, mas se quiser assistir diretamente ao acidente, assista ao curto vídeo abaixo deste.

Ou assista ao clipe completo que a SpaceX fez, onde divulgou a imagem da colisão em alta definição.

Publicação arquivada em