Dia do Orgulho Nerd e Dia da Toalha: Salve o Glorioso 25 de Maio

A data, celebrada em todo o mundo, presta homenagem a grande ícones como a saga Star Wars e aos livros de “O Guia do Mochileiro das Galáxias”. E ainda existe mais uma referência para a...

3894 0

A data, celebrada em todo o mundo, presta homenagem a grande ícones como a saga Star Wars e aos livros de “O Guia do Mochileiro das Galáxias”. E ainda existe mais uma referência para a data: o Glorioso 25 de Maio. Nada de pânico! Eu trouxe minha toalha!

O dia 25 de maio é uma data importante no mundo todo, para os Nerds de outrora, vistos como esquisitões ou antissociais, agora vistos como “cults” e, com o prestígio em alta, passaram a ser chamados de “geeks”, um termo em inglês com o mesmo significado.

Somos obrigados (já que nerd que se preze já sabe e detesta ter que explicar isso) a esclarecer o porquê de o dia 25 de maio ter sido escolhido como o dia “D” para a Cultura Nerd, afinal, nem todo aquele que lerá este texto entende isso.

Antes de prosseguir temos que de mencionar que existe outra celebração importante para os fãs da saga Star Wars: o 04 de maio. Nos Estados Unidos, muitos fãs de carteirinha da saga de George Lucas celebram nesse dia, e não em 25 de maio, o “Geek Pride Day”. Isso se deve a uma piada interna entre os entusiastas da saga: “May” the Force Fourth be With You. “Que a força esteja com você”, o cumprimento dos filmes de Lucas transformado para “Que 4 de maio esteja com você”. Um trocadilho em língua inglesa para justificar a escolha do dia 04 de maio (data também conhecida como Dia de Star Wars).

Mas vamos as fatos. Primeiro existia o Dia da Toalha. Depois veio o Dia do Orgulho Nerd. Agora existe ainda “Glorioso 25 de Maio”. Os primeiros relatos sobre a escolha da data veem do final dos anos 90, início dos anos 2000, e confundem-se. Vamos tentar entender todos esses eventos e suas origens, mergulhando um pouco na riquíssima cultura nerd.

Dia da Toalha

Dia da Toalha em Innsbruck, Áustria (Foto: Reprodução)
Dia da Toalha em Innsbruck, Áustria (Foto: Reprodução)

Vamos começar pelo Dia da Toalha, considerado por muitos como o verdadeiro Dia do Orgulho Nerd (pelo motivos mencionados acima).

No dia de hoje é comemorado internacionalmente o Dia da Toalha. A escolha desse dia é para homenagear o escritor britânico Douglas Adams e sua mais célebre obra “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, o H2G2 como é identificada a obra em sites de fãs, em referência ao título original em inglês da trilogia de cinco livros The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy, ou ainda HHGTTG. (Segundo o próprio autor, são quatro partes; mas, apesar de uma certa controvérsia, existe ainda um quinto volume considerado por muitos parte da “Trilogia de Cinco Livros” de Douglas Adams.)

Lançado em 1979 o primeiro volume da série, o livro narra as aventuras pela galáxia e pelo tempo de Arthur Dent, um inglês azarado, de Ford Perfect, um alienígena de um planeta pequeno em algum lugar nos arredores de Betelgeuse e de coletor de informações turísticas para o famoso Guia do Mochileiro das Galáxias, Zaphod Beeblebrox, entre outras personagens. Ah, não poderia deixar de mencionar o deprimido robô Marvin, o Androide Paranoide.

A saga também elege a tolha com o mais importante item para um mochileiro galático. Isso por que a toalha pode ser usada como agasalho, como capa, como turbante, como forro, como escudo, como arma (quando molhada), como vela etc., e, o que é mais extraordinário, pode ser usada também como toalha. O Capítulo 3 do primeiro volume da série esclarece:

12

A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.”

A data foi escolhida em 2001 para lembrar o criador da série. Douglas Adams faleceu em 11 de maio daquele ano. Tendo sido a primeira homenagem prestada a ele, organizada pela comunidade virtual H2G2, se deu em 25 de maio do mesmo ano de sua morte. Na época, foi sugerido que a comemoração acontecesse 42 dias após a morte de Adams, devido ao número ser considerado a resposta fundamental para a complexidade existencial resumida pela pergunta “qual o significado da vida, do universo e tudo mais?”; mas a data de 25 maio acabou mantida.  Entenda a questão da escolha do número 42 como resposta aqui.

A toalha, um item indispensável para um mochileiro da galáxia. E não esqueça, 42 é a resposta!

A série teve origem em 1978 como um programa de rádio da rede britânica BBC. Só depois que a história deu origem aos cinco livros escritos por Adams. Em 2005, veio a adaptação para o cinema. Como “O Guia do Mochileiro das Galáxias” é leitura obrigatória para qualquer nerd, a data acabou se misturando com outras.

Saiba mais no site oficial do “Towel Day”. Veja o vídeo em quem Douglas Adams compartilha “relatos hilários de alguns dos estilos de vida aparentemente absurdos das criaturas do mundo, e recolhe deles extraordinárias percepções sobre o futuro da humanidade”.

Se não percebeu a ironia a profundidade da expressão “nada de pânico – eu trouxe minha toalha” ou se ou não conseguiu compreender a importância da toalha, você realmente não é um NERD de verdade.  Por essa razão, estude atentamente o Guia e tenha sempre o número 42 em mente.

Dia do Orgulho Nerd

George Lucas, o criador da série Star Wars, se inspirou no conceito mitológico de Jornada do Herói do Joseph Campbell para criar a série. Crédito: Wikimedia Commons
George Lucas, o criador da série Star Wars, se inspirou no conceito mitológico de Jornada do Herói do Joseph Campbell para criar a série. Imagem: Wikimedia Commons

O Dia do Orgulho Nerd ou Dia do Orgulho Geek, uma iniciativa criada pra promover a cultura nerd/geek e defender o direito de toda pessoa ser um nerd (ou geek), tem suas origens em 1998. Tim McEachern organizou eventos em um bar em Albany, Nova York entre 1998 e 2000, segundo a internet, que podem ser considerados como as preliminares para o Geek Pride Day. Em 2006, o Dia do Orgulho Nerd foi celebrado pela primeira vez na Espanha e na rede mundial de computadores, chamando a atenção da mídia e já contanto com alguma publicidade (a cidade que contou com a maior concentração de nerd foi Madrid, que teve trezentas pessoas formando um pac humano para demonstrarem o seu orgulho nerd). No evento, houve ainda a leitura de um “Manifesto Nerd”, o qual foi criado em tom de brincadeira para estabelecer os direitos e responsabilidade de todo nerd/geek.

A escolha da data em 25 de maio se deve ao lançamento da pré-estreia do primeiro filme da série Star Wars – IV Uma Nova Esperança, em 1977, criada por George Lucas. A produção cinematográfica de Star Wars revolucionou o cinema de ficção científica (pelo menos na minha opinião e na de outros Nerds de plantão), e tem atuado com um divisor de águas nos filmes seguintes dentre do gênero. Além disso, Star Wars foi responsável pelo início da “era dos blockbusters“: super produções cinematográficas que fazem sucesso nas bilheterias e viram franquias com brinquedos, jogos, livros etc.

Assim, esse ano marca o 40º aniversário do primeiro filme de Star Wars – uma data e tanto para os entusiastas de obra de Lucas. Que a força esteja com você!

O Glorioso 25 de Maio

25 de maio é a data da “Revolução Gloriosa” nas obras de Terry Pratchett.
25 de maio é a data da “Revolução Gloriosa” nas obras de Terry Pratchett.

No dia 25 de maio também é uma data importante para os fãs de DiscWorld, um série literária composta por 41 livros (a serie Discworld pode ser considerado um dos maiores mundos de fantasia já escrito), criada pelo escritor inglês Terry Pratchett (1948 – 2015). A série de Pratchet, um dos mais cultuados autores de ficção científica em todos os tempos e em todas as dimensões, teve início com a obra A Cor da Magia (The Colour of Magic), de 1983, que fez a carreira literária de Pratchett explodir

Discworld é um mundo plano repleto de magia e sustentado pelos ombros de quatro elefantes gigantescos (Grande T’phon, Tubul, Berilia e Jerakeen), que, por sua vez, estão sobre o casco de uma enorme tartaruga, a Grande A´Tuin, vagando pelo espaço. Esse conceito é inspirado pela crença da Mitologia hindu, na qual o mundo é apoiado em seres semelhantes, com uma nomenclatura diferente. A cultura hindu sempre foi referida pelo autor como “algo que estava lá pronto para que alguém a pegasse e criasse algo totalmente novo”.

O bom humor e a ironia também têm destaque na obra. A série é famosa também por satirizar autores famosos de fantasia, como J. R. R. Tolkien, C. S. Lewis, cenas do cotidiano e jogos de RPG (para o qual Discworld recebeu uma adaptação).

A menção à data está na obra a partir do fato de que a cada dia 25 de maio, os sobreviventes da chamada Revolução Gloriosa se reúnem no Cemitério dos Deuses Menores para homenagear os mortos na batalha, com flores de lilás, entendidas aqui como um gênero de planta. O livro “Guarda Noturna” de 2002 lançou essa ideia, incorporando-a a mitologia criada pelo autor. Na Revolução Gloriosa a monarquia de Discworld é substituída por uma república.

Assim, no Glorioso 25 de Maio os fãs fazem questão de usar lilás, ou colocar adereços com a cor, em homenagem a Terry Pratchett, morto em 12 de março de 2015, ao 66 anos.  A data poderia ser também um ocasião apropriada para a sensibilização sobre a necessidade pesquisas sobre o Alzheimer, doença que acometeu Pratchett.

revolução gloriosa
25 de maio: Revolução Gloriosa

Então, é isso. Lembrem da Gloriosa República de Treacle Mine Road. “Verdade. Justiça. Liberdade. Amor com Preços Razoáveis. E um ovo cozido.” Ah, e use lilás. Um glorioso 25 de maio a todos!

Publicação arquivada em